Home - Convergência Digital

Linguagem C desbanca Java e Python e assume liderança entre os desenvolvedores

Convergência Digital - Carreira
Convergência Digital* - 09/01/2018

A linguagem C recuperou popularidade durante 2017 no índice da Tiobe, ganhando a designação de Linguagem de Programação do Ano de 2017. Cresceu 1,69 pontos percentuais na sua classificação anual, considerando o registro de Janeiro.O suficiente para derrotar a Python, cuja quota aumentou 1,21% e a Erlang, com ganho de 0,98%.

Vale lembrar que, há cinco meses, a linguagem C estava com a sua classificação bem mais baixa (por volta de 6%). Agora a quota subiu para 11,07% mais uma vez, colocando-a apenas atrás da Java, tendo esta tenha caído 3,05%.

O ressurgimento da linguagem C está possivelmente ligado à popularidade na indústria automobilística, segundo a Tiobe. Em 2016, a linguagem de programação do ano foi a Go (Golang), da Google.

A Tiobe baseia as suas classificações em uma fórmula que considera o volume de pesquisas sobre linguagens em serviços de busca como o Google, Bing e na Wikipedia. Linguagens promissoras como Julia, Hack, Rust e Kotlin sequer entraram para a lista das 30 mais preferidas.

Um grupo de outras linguagens com saltos de popularidade significativos em 2017 inclui a R, que subiu de 16º para o 8º lugar e a Kotlin. Esta evoluiu para a 39ª posição desde a 89ª. Outro destaque é a Erlang, que aparece no 23º lugar depois de estar no 44º há um ano.

Fonte: http://www.cbsi.net.br/2018/01/linguagem-c-ressurge-desbanca-python-e-se-torna-a-mais-popular-de-2017.html

Enviar por e-mail   ...   Versão para impressão:
 

LEIA TAMBÉM:

19/07/2018
Zona de conforto? Cuidado! Ela vai acabar com a sua carreira

16/07/2018
Apenas 15% dos graduados no Brasil são da área de Tecnologia

16/07/2018
Entrevista em inglês não é um bicho de sete cabeças

12/07/2018
Dell e IOS abrem 80 vagas de curso profissionalizante para jovens e pessoas com deficiência

05/07/2018
Robótica chega às salas de aulas de São Paulo

22/05/2018
Ensino a distância não é a primeira opção no Brasil

16/05/2018
Infraero capacita mais de 1700 empregados com curso sob medida

23/03/2018
Mulheres de TI dizem que oportunidades de crescimento são ruins ou péssimas

08/03/2018
Organização capacita, de graça, aluno para estudar no exterior

07/03/2018
Mulher estuda mais, trabalha mais e ganha menos do que o homem

Veja mais artigos
Veja mais artigos

Como a expatriação fortalece empresa e funcionários?

Por MarcosSantos*

O processo, que consiste em enviar profissionais para trabalhar na unidade da mesma empresa em outro país, promove uma troca de conhecimento entre a equipe da unidade estrangeira e novo colaborador, uma experiência enriquecedora de ampliação de  expertises e de uma nova atmosfera de trabalho.

Destaques
Destaques

Brasileiro revela pavor de perder o emprego

Estudo da Confederação Nacional da Indústria mostra que os profissionais brasileiros nunca ficaram tão preocupados com o emprego quanto agora. Sentimento cresce entre os homens, mas são as mulheres as mais assustadas com a possibilidade de demissões.

Profissional do futuro simplesmente não existe

A advertência foi feita pela futurista Lala Deheinzelin, criadora do movimento "Crie Futuros". Segundo ela, já não se pode mais pensar em uma profissão ou em um profissional. É preciso imaginar células, cada uma com sua capacidade. A união de todas elas é que será, de acordo com a especialista, capaz de nos levar a um mundo desejável.

Flexibilização no trabalho: prática bem longe da realidade no Brasil

Pesquisa mostra que 75% dos brasileiros ainda trabalham no formato tradicional: no escritório e no horário comercial. Estudo mostra ainda que 58% das empresas não fornecem recursos suficientes para viabilizar o home office.

Veja mais vídeos
Veja mais vídeos da CDTV

Copyright © 2005-2015 Convergência Digital ... Todos os direitos reservados ... É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site