SEGURANÇA

'Tela azul' obriga Microsoft a suspender correção de falha em chips AMD

Convergência Digital* ... 09/01/2018 ... Convergência Digital

A Microsoft suspendeu reparo de proteção contra as ameaças de segurança Meltdown e Spectre,direcionadas para os computadores equipados com chips da AMD, após reclamações de usuários de que as atualizações de software travaram as máquinas. Segundo a Microsoft, a atualização provocou a chamada 'tela azul' do Windows 10, Windows 8.1 e Windows 7 em computadores de usuários. Uma nova correção está sendo feita para reestabelecer as atualizações o mais rápido possível.

“Para evitar que os clientes da AMD não consigam reiniciar os computadores, a Microsoft temporariamente vai suspender neste momento o envio de atualizações do sistema operacional Windows para dispositivos com AMD impactados neste momento”, afirmou a companhia em comunicado ao mercado distribuído nesta terça-feira, 09/01.

As vulnerabilidades Meltdown e Spectre põem a descoberto os dados sensíveis dos seus dispositivos, sejam desktops, notebooks, tablets ou smartphone, permitindo que invasores acessem informações protegidas na memória do seu computador, revelando potencialmente detalhes como senhas, chaves criptográficas, fotos pessoais, e-mails e qualquer outra coisa armazenada na máquina. Elas foram descobertas no começo de janeiro e mobiliza toda a indústria. A Google, por exemplo, diz que lançará uma versão correção no dia 23 de janeiro.

A AMD tinha afirmado na semana passada que diferenças de design em seus chips em relação à Intel deixavam seus produtos com “risco zero” em relação ao Meltdown, e que a variante relacionada ao Spectre poderia ser resolvida por meio de atualizações de software.

*Com Agência Reuters


Soluções de Segurança para a Sociedade
Não delegue a segurança cibernética apenas para a TI

Para mitigar os riscos com ataques hackers, toda a corporação precisa se unir, adverte Jun Goto, vice-presidente Sênior da NEC Corporation.

Novo golpe do boleto já distribuiu quase 300 mil e-mails no Brasil

Malspam (spam malicioso) foi criado especialmente para vítimas brasileiras, revela a Unit 42. Os boletos falsos são para roubar dados, senhas e nomes de usuários.

Ataques DDoS aumentam 138% e ficam, em média, em 300 Gbps no Brasil

A amplificação dos ataques de negaçaõ de serviço acendeu o sinal vermelho nas autoridades de segurança de rede do País. Os ataques mais comuns são os botnets de Internet das Coisas.

PROTESTE reprova antivírus usados nos celulares brasileiros

Associação de Consumidores testou 22 versões pagas e gratuitas de marcas como Eset, Bitdefender, GData, Kaspersky, Norton, Avira, Avast, McAffe e 360 Security. Nenhum atendeu a todos os requisitos técnicos testados.

Tokelau, com 1,5 mil habitantes, é o domínio mais usado para golpes

Código de país da ilha polinésia, ‘.tk’, é largamente utilizado para golpes na rede, segundo pesquisa global sobre phishing.



  • Copyright © 2005-2018 Convergência Digital
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G