Home - Convergência Digital

Google traz para o Brasil serviço que ajuda na busca de emprego

Convergência Digital - Carreira
Convergência Digital* - 30/01/2018

O hábito de “dar um Google” chegou ao mundo do emprego. A empresa passa a mostrar no Brasil a partir desta terça-feira (30) uma lista de vagas de trabalho ofertas em diversos sites sempre que o internauta fizer buscas por ofertas de trabalho no Google. Funciona assim:

Para ativar o recurso, basta digitar, por exemplo, “trabalhos em restaurantes”, “empregos em São Paulo” ou mesmo “trabalhos próximo a mim” na caixa de pesquisa do Google; isso faz a ferramenta de busca rastrear as oportunidades disponíveis no site de diversos parceiros; as vagas encontradas são listadas diretamente no resultado de buscas, em forma de cartões.

O Google Jobs foi lançado em junho do ano passado nos Estados Unidos. Chega ao Brasil na primeira expansão internacional da ferramenta –o recurso também será levado aos outros países da América Latina.“A combinação da alta taxa de desemprego e todos os dados de acesso [a serviços conectados] mostram como o brasileiro está ansioso para encontrar trabalho e usar todo tipo de recurso para melhorar sua situação econômica", afirma Nick Zakrasek, gerente de produto do Google.

Inicialmente, o Google Jobs vai expor no Brasil as vagas listadas por seis empresas: Empregos.com.br, LinkedIn, Love Mondays, OLX, Trampos.com e Vagas.com.br. O novo recurso usa inteligência artificial para entender o tipo de trabalho buscado. E, segundo o Google, a ferramenta não usa dados pessoais para exibis ofertas de empregos baseadas nos interesses do usuário que foram captados pela empresa.

Empregos na busca

A partir do momento que os postos de trabalho são exibidos na ferramenta de busca, é possível aplicar filtros, como:

data em que a oferta foi publicada;
título da vaga;
setor a que pertence o posto;
 localização: é possível selecionar apenas trabalho próximo ao domicílio; quando a opção for essa, o Google mostra quanto tempo demora para chegar à empresa empregadora e quais as opções de transporte (ônibus, metrô, carro etc).

Um atributo da ferramenta nos EUA que não chegará ao Brasil é o filtro de vagas conforme a faixa salarial. Segundo o Google, a implantação dessa comparação precisa de dados que nem sempre estão disponíveis nos anúncios publicados. “A gente viu que a maioria dos anúncios de vaga não fornece uma proposta de salário.” Outras funções do Google Jobs são salvar uma vaga para ver mais tarde e criar configurações para o serviço disparar avisos quando o emprego dos sonhos estiver disponível.

Em entrevista ao Portal G1, o Google promete não usar nesta ferramenta outros dados pessoais além da localização do usuário. Zakrasek afirma que analisar outras informações do internauta poderia fornecer resultados de busca inúteis. “A gente poderia pensar que uma pessoa que pesquisou por escalada poderia querer receber ofertas de emprego de atividades ao ar livre ou em academias. Mas o que descobrimos, perguntando a pessoas reais, é que às vezes muitas pessoas usam o mesmo computador ou o mesmo telefone”, diz ele.

*Com informações do Google e do portal G1

Enviar por e-mail   ...   Versão para impressão:
 

LEIA TAMBÉM:

24/05/2018
Não deixe a sua rotina de trabalho ser destruída por maus hábitos

23/05/2018
Greve na BBTS, ex-Cobra Tecnologia, afeta caixas eletrônicos do Banco do Brasil

14/05/2018
Interação com Robôs é um dos temas para seleção de bolsa de estudo do Google no Brasil

10/05/2018
Empresa de TI abre 60 vagas em 12 cidades

09/05/2018
Empresa abre 300 vagas para profissionais de TI

04/05/2018
Enrolou no currículo? Você cometeu um erro fatal!

03/05/2018
Salário pesa mais que reputação da empresa na escolha de um emprego noBrasil

27/04/2018
Analista de Web Analytics: você é o 'cara' de 2018 na TI nacional

26/04/2018
Google Play Store contém falsos aplicativos de segurança

25/04/2018
Checou o celular numa entrevista de emprego? Deu ruim...

Veja mais artigos
Veja mais artigos

eSocial desafia a rotina dos Recursos Humanos

Por Juliana Andrade*

Chegou a hora de as empresas tirarem proveito da robotização, especialmente, na análise de cadastros para observar se há ou não alguma informaçaõ que destoe da atualidade. O regime fiscal online exige a reparação dos dados.

Destaques
Destaques

Juízes do Trabalho: Reforma trabalhista só vale depois da sua entrada em vigor

Decisão foi tomada por mais de 700 juízes e desembargadores. Para eles, a Lei 13.467/2017 só deve valer para processos e contratos iniciados após 11 de novembro de 2017, quando a legislação entrou em vigor.

Lei Trabalhista: TST decide que demissão só pode ser homologada no sindicato

Tema é controverso, mas o ministro Alexandre Agra Belmonte decidiu em setença que "se o empregado tiver mais de um ano de serviço, o pedido de demissão somente terá validade se assistido pelo seu sindicato".

Os 10 cargos em alta na TI para 2018

Conhecimento técnico não é mais o diferencial. Habilidades no relacionamento e de liderança estão pesando muito na hora da contratação.

Veja mais vídeos
Veja mais vídeos da CDTV

Copyright © 2005-2015 Convergência Digital ... Todos os direitos reservados ... É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site