GOVERNO

Smartmatic vence pregão do TSE para impressoras com lance 0,16% abaixo de concorrente

Luís Osvaldo Grossmann ... 01/02/2018 ... Convergência Digital

Com um lance 0,16% abaixo da única concorrente, a venezuelana Smartmatic ficou em primeiro lugar no pregão realizado pelo Tribunal Superior Eleitoral para a compra de 30 mil impressoras para urnas eletrônicas. Com preço proposto de R$ 67,38 milhões, a Smartmatic bateu a TSC Pontual, que teve lance de R$ 67,49 milhões. 

O valor, no entanto, é superior ao preço de referência do edital do TSE, de R$ 62,63 milhões. Por isso, em negociação feita após o período de lances, a Smartmatic aceitou reduzir sua proposta para o que tinha sido estimado pela Justiça Eleitoral. 

A compra em si gera controvérsias. É que pela Lei 13.165/15, todos os votos deveriam ser impressos. Mas o Tribunal Superior Eleitoral decidiu equipar apenas 5% das 600 mil urnas eletrônicas usadas nas eleições. A Corte alega restrições orçamentárias para atender apenas parcialmente a legislação. 

Não por menos, essa decisão acabou questionada na Justiça, por uma associação de juízes federais (Unajuf), mas a liminar que pedia a interrupção do pregão, realizado em 12/1, foi negada. E a compra segue em frente. 


Painel Telebrasil 2019
A 63ª edição do principal encontro institucional de lideranças do setor de telecomunicações e TICs acontecerá entre os dias 21 e 23 de maio de 2019, em Brasília. Saiba mais em paineltelebrasil.org.br
Veja o vídeo

Telebras vai agir para ser lucrativa e não ser vendida no Governo Bolsonaro

“Queremos implantar parcerias e empreender novos ritmos, com metas atingíveis e consolidar o nome da Telebra”, afirmou o novo presidente da estatal, Waldemar Ortunho Junior, em primeiro encontro com funcionários. Ministro Marcos Pontes participou da reunião.

Servidores da Dataprev fazem abaixo-assinado contra privatização

Documento digital defende que estatal dá lucro há mais de uma década e controla dados previdenciários de 35 milhões de brasileiros.

Vanderlan Cardoso, de Goiás, será o novo presidente da CCT no Senado

Na divisão acertada entre os líderes partidários, a comissão de Ciência e Tecnologia ficou com o PP e o indicado é o empresário goiano em seu primeiro mandato como senador. Uma das primeiras missões dele será a votação do PLC 79/2016, que altera o marco de Telecom.

Ex-CIO da Telefônica desponta como nova presidente da Dataprev

A nomeação de Christiane Almeida Edington ainda não saiu no Diário Oficial, mas é dada como certa pelo site Antagonista. Executiva tem no currículo o comando da  fusão da Telefônica com a Telemig Celular na área de TI.



  • Copyright © 2005-2019 Convergência Digital
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G