TELECOM

Justiça nega recurso da Pharol contra plano da Oi e derruba assembleia

Luís Osvaldo Grossmann ... 06/02/2018 ... Convergência Digital

A Justiça do Rio de Janeiro negou o pedido da Pharol, maior acionista da Oi, com 22% do capital, de rejeitar parte do plano de recuperação aprovado pelos credores em dezembro último. O pedido, feito em nome da Bratel, uma das subsidiárias da Pharol (ex-Portugal Telecom), alega que o acordo não resguarda direitos de acionistas e se sobrepôs a prerrogativas da Assembleia Geral. 

Ao rejeitar o pleito, no entanto, o juiz substituto da 7a Vara Empresarial do Rio, Ricardo Campos, sustentou que “o plano de recuperação judicial foi aprovado pela maioria absoluta dos credores, e a decisão que o homologou está devidamente fundamentada e reafirmou o acerto da determinação que conferiu ao Presidente do Grupo Oi a prerrogativa e a responsabilidade de negociar com os credores um plano que atendesse aos interesses da coletividade”.

Como informa a Oi em comunicado ao mercado nesta terça, 6/2, a decisão também tem impacto direto na assembleia geral extraordinária convocada pela Pharol para esta quarta, 7/2. Diz a direção da Oi que “tomou conhecimento, ontem, de decisão do Juízo da 7ª Vara Empresarial da Comarca da Capital do Estado do Rio de Janeiro que rejeitou pedido da acionista Bratel S.A.R.L. de reconsideração parcial da decisão que homologou o plano de recuperação judicial, tendo restado integralmente mantida tal decisão, inclusive no que se refere a não realização da Assembleia Geral Extraordinária da Companhia”.


Anteprojeto que muda Fust e Fistel chega ao MCTIC

Anatel encaminhou a proposta como sugestão de uso dos recursos e redução de taxas incidentes sobre a internet das coisas. Mas teles questionam contas.

Teles reduzem índice de queixas dos usuários. Pós-pago foi o mais reclamado

Reclamações contra os serviços de telefonia fixa, móvel, TV por assinatura e banda larga caíram 15,6% no primeiro semestre, de acordo com dados da Anatel. Mas com o impulso do 4G, o celular pós-pago, por conta da cobrança dos pacotes, foi o mais reclamado em junho.

Prejuízo acelera processo de venda da Nextel Brasil

Controladora da operadora, NII Holdings, amargou um prejuízo de US$ 20 milhões, ou R$ 80 milhões, no segundo trimestre. Rumores dão conta que TIM e Telefônica/Vivo disputariam o ativo.

Fundos americanos já concentram 26% da Oi

Depois do York e do Goldentree, operadora informou ao mercado que o fundo Solus ficou com 9,71% do capital. BDNES perdeu participação.

Oi chama ex-presidente da TIM para novo Conselho de Administração

Além dos atuais seis integrantes do conselho transitório, proposta traz mais cinco nomes ao novo conselho, entre eles Rodrigo Abreu, ex-TIM e, hoje, na Quod.

TIM não vai repassar ao cliente custo de contrato com WhatsApp Business

Operadora foi a primeira a fechar um acordo comercial para uso da ferramenta da OTT no Brasil e, neste momento, não vai cobrar dos clientes pelo uso do canal de relacionamento.


Veja a revista do 61º Painel Telebrasil 2017
Revista do 61º Painel Telebrasil 2017
A edição de 2017 do Painel Telebrasil enfatizou a necessidade de atualização do modelo de telecomunicações e a definição de uma agenda digital para o País.

Painel Telebrasil 2017 - Cobertura Especial ConvergênciaDigital


Clique aqui e acompanhe a cobertura completa do Painel Telebrasil 2017

  • Copyright © 2005-2018 Convergência Digital
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G