Home - Convergência Digital

Santa Casa de Valinhos adota Internet das Coisas na UTI

Convergência Digital - Carreira
Convergência Digital* - 06/02/2018

A Santa Casa de Valinhos, localizada no interior do estado de São Paulo, implementou um projeto de identificação e localização dos equipamentos da UTI, com o uso de beacons, dispositivos que emitem sinais que são captados por antenas conectadas à uma central de controle, responsável por conferir e armazenar os dados em um servidor.

A iniciativa foi realizada em parceria com as empresas Taggen Soluções IoT e Biocam Equipamento Médico-hospitalares, onde todos os dados são integrados ao sistema Genesis de Engenharia Clínica, para que sejam analisados pelo Watson da IBM, otimizando assim os recursos do hospital. O superintendente da Santa Casa, Edson Manzano, explica que o projeto surgiu da necessidade de atualizar o inventário, monitorar os deslocamentos e localizar os dispositivos.

"O sistema de rastreamento em tempo real dificulta desvios e furtos, facilita a localização dos equipamentos para o atendimento do paciente, diminui alguns custos de manutenção e agiliza as auditorias dos ativos. Substitui controles que, até então, eram feitos manualmente. Conseguimos otimizar melhor os nossos recursos", destaca Manzano.

Entre os equipamentos rastreados estão os monitores cardíacos, bombas de infusão e o eletrocardiográfico. A implantação desse projeto de IoT permite atender as normas vigentes de inventários anuais e também a manutenção do certificado ONA (Organização Nacional de Acreditação), que avalia a qualidade dos serviços de saúde. 

A próxima etapa do projeto está desenhada e tem como meta ampliar o projeto de monitoramento e localização, com a instalação dos beacons nos equipamentos do Pronto Socorro e do Centro Cirúrgico, acompanhados dos demais recursos técnicos ainda no primeiro trimestre e, dessa forma, monitorar, aproximadamente, 100 equipamentos.

"As tecnologias de IoT, quando bem aplicadas, são um grande apoio no auxílio a diagnósticos, atendimento de pacientes com mais rapidez e segurança e na gestão. Aqui na Santa Casa também temos um aplicativo em tempo real que permite visualizar o prazo de espera no pronto socorro e receber doações seguras, entre outras facilidades", finaliza Manzano. A Santa Casa de Valinhos tem 102 leitos ativos e realiza, em média por mês, 450 cirurgias, 800 internações e 10.000 atendimentos no Pronto Socorro. Os valores investidos não foram revelados.

Enviar por e-mail   ...   Versão para impressão:
 

LEIA TAMBÉM:

19/10/2018
Só com conectividade, teles não vão ganhar dinheiro com IoT

18/10/2018
Sigfox vai fabricar módulo de IoT no Brasil para reduzir custo dos dispositivos

17/10/2018
Mercado de IoT projeta movimentar US$ 8 bilhões no Brasil em 2018

16/10/2018
Claro terá rede 100% pronta para IoT até meados de 2019

15/10/2018
MCTIC mantém esperança de ver decreto de IoT aprovado no Governo Temer

09/10/2018
Torii: rede zumbi usa robôs para roubar informações de dispositivos IoT

20/09/2018
Triplicam os ataques de malware via internet das coisas

20/09/2018
Nos EUA, empresa só fará seguro de vida para quem usar sensores vestíveis

19/09/2018
BNDES recebe 54 projetos de IoT e selecionados terão apoio de R$ 30 milhões

18/09/2018
Qualcomm monta Centro de IoT para formação de profissionais

Destaques
Destaques

FCC, dos EUA, impõe ‘Lei das Antenas’ para acelerar redes 5G

Regra aprovada pelo regulador dos Estados Unidos prevê entre 60 e 90 dias como prazo máximo para licenças de instalação de equipamentos, em especial, para as small cells. Lá também há burocracia e o prazo de espera pode chegar a um ano. No Brasil, a situação não é diferente.

BNDES recebe 54 projetos de IoT e selecionados terão apoio de R$ 30 milhões

São 23 projetos que propõem soluções de Internet das Coisas para cidades, 17 para saúde e 14 para campo. Juntos, envolvem investimentos de R$ 360 milhões. Banco vai selecionar, até outubro, as empresas que vão receber empréstimos não reembolsáveis.

Veja mais vídeos
Veja mais vídeos da CDTV
Veja mais artigos
Veja mais artigos

Desvende 10 mitos sobre os cartões biométricos

Por Cassio Batoni*

Como toda nova tecnologia, os questionamentos sobre a sua segurança e e a sua confiabilidade ainda existem e são compreensíveis, mas ela veio para ficar. A impressão digital surge como a confirmação principal de que o usuário é quem diz ser.


Copyright © 2005-2016 Convergência Digital ... Todos os direitos reservados ... É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site