INTERNET

China já prendeu mais de 200 por ‘fake news’

Convergência Digital ... 07/02/2018 ... Convergência Digital

A agência chinesa de notícias Xinhua informa que desde maio de 2017 o governo do país já prendeu mais de 200 pessoas acusadas de ‘especulação ilegal na internet’. O principal alvo seria um grupo chamado ‘Marinha da Rede’, que organiza internautas em campanhas para favorecer esta ou aquela empresa, mas também para a criação de spam, sites fraudulentos de notícias e campanhas de difamação.

“A ‘Marinha da Rede’ costuma se engajar na fabricação de informações falsas, ataques, promoção ilegal e outras atividades que infringem seriamente os direitos dos cidadãos”, diz um policial citado pela reportagem, segundo tradução do site americano Ars Technica. 

Além de promover o que pode ser chamado de ‘impulsionamento de conteúdo’, para usar o termo adotado por redes sociais como Facebook, o grupo também gera ‘comunicados de imprensa’ que acabam divulgados até por sites oficialmente chancelados pelo governo chinês como fontes de notícias. Para ‘turbinar’ conteúdos, o grupo recruta internautas com ofertas equivalentes a R$ 150 ou até R$ 1,5 mil. “Um operador revelou à Xinhua que ganha cerca de 4 mil yuans (cerca de R$ 2 mil) por mês para apagar comentários negativos sobre determinados produtos. 


Banco Inter pode pagar R$ 10 milhões por vazamento de dados pessoais

Comissão de Proteção dos Dados Pessoais do Ministério Público do Distrito Federal e Territórios (MPDFT) diz que instituição financeiro tentou encobrir o incidente de segurança. Investigação do MPF constatou que houve comprometimento de dados de quase 20 mil correntistas.

Banda larga cresce puxada por fibra óptica e pequenos provedores

Brasil terminou junho com 30,3 milhões de acessos fixos à internet, alta de 5% no primeiro semestre de 2018, período em que conexões em fibra saltaram 35%. Pequenos detém 71% das adesões líquidas.

Governo Trump prepara regras de proteção a dados pessoais

Departamento do Comércio dos EUA já fez mais de 20 reuniões com grandes da internet e das telecomunicações, como Facebook, Google, AT&T e Comcast. No Brasil, projeto aprovado no Congresso Nacional aguarda a sanção do presidente Michel Temer.

Novo estudo identifica internautas só com metadados e 96,7% de acerto

Pesquisa da University College of London se valeu de 5 milhões de contas do Twitter. Estudo indica que mesmo quando são usadas técnicas de ofuscação, a identificação acontece mostrando que uma mensagem na rede social revela idade, gênero, orientação política e o estado de ânimo de grupos ou indivíduos.

Facebook derruba rede de notícias falsas ligada ao MBL

Rede social confirma remoção de 196 páginas e 87 perfis. MBL diz que medida foi arbitrária e sugere que Mark Zuckerberg tem “viés de esquerda"

Revista Abranet 24 . maio-junho-julho 2018
Veja a Revista Abranet nº 23 A Convenção Abranet 2018 reuniu, na Bahia, cerca de cem empresas de internet. As discussões foram além do dia a dia e abordaram aspectos como planejamento, inovação e estratégia.
Clique aqui para ver outras edições

Acompanhe a Cobertura Especial do II Congresso Brasileiro de Internet - Abranet

Empresas da Internet pedem mais segurança jurídica

“O Marco Civil da Internet trouxe base sólida para criar parâmetros para se ter lei mínima para a Internet seguir avançando, mas, infelizmente, vemos varias iniciativas tentando modifica-lo", afirmou o presidente da Abranet, Eduardo Parajo.

Acompanhe a Cobertura Especial do II Congresso Brasileiro de Internet

  • Copyright © 2005-2018 Convergência Digital
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G