INOVAÇÃO

No Brasil, 30% das startups morrem por falta de acesso ao capital

Convergência Digital* ... 23/02/2018 ... Convergência Digital

Uma pesquisa realizada pelo Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae) e pelo Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços revela que cerca de  30% das startups analisadas simplesmente fecharam as portas. O levantamento foi realizado com empresas participantes do programa Inovativa Brasil, do Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços, que promove ações de assistência e capacitação. Foram ouvidas 1.044 companhias, principalmente de Tecnologia da Informação e da Comunicação (31%), Desenvolvimento de Software (21%) e Serviços (18%).

As empresas entrevistadas apontaram como principal motivo para o fechamento a dificuldade de acesso a capital (40%), obstáculos para entrar no mercado (16%) e divergências entre os sócios (12%). Ivan Cruz Júnior, co-fundador da startup Mereo, que oferece soluções de controle de desempenho de trabalhadores, aponta uma dificuldade das empresas de obter investimentos. “Existem fundos no Brasil, mas chegar a eles não é fácil, e muitas vezes eles querem algo mais concreto, com resultado, já para investir. E, com isso, acabam sendo poucas empresas que ganham o recurso”, afirma.

A mineira Prêmio Ideia desenvolve soluções tecnológicas voltadas para a promoção de inovações em instituições privadas e públicas. No início de sua trajetória, foi apoiada por um dos programas do governo, o Startup Brasil. Também conseguiu recursos de um investidor-anjo, nome dado quando a pessoa coloca capital próprio no negócio. Agora, porém, luta para continuar atuando.

Segundo Everton Almeida, um dos sócios, além do desafio de captar clientes e projetos, a conquista de investimentos demanda grande esforço. “Nós já participamos de alguns eventos com investidores, porém nunca tivemos sucesso com relação a isso. Temos pouco tempo para apresentação do produto, o que dificulta colocar a ideia”, relata.

A pesquisa do SEBRAE identificou ainda um desempenho melhor em companhias “aceleradas”. Entre estas, o percentual das que encerraram as atividades fica em 15%, metade da média geral. O acesso a investimentos, entretanto, permanece um desafio importante. Apenas 22% das startups beneficiadas pelo programa receberam aportes privados.

Neste universo, a forma de investimento mais comum é aquela realizada pelo que é chamado de “anjo” (73%), seguida por aceleradoras (29%) e por fundos de investimento de venture capital (14%). Das participantes do levantamento, 24% informaram ter recebido algum tipo de recurso público de fomento. As principais origens são linhas de fundações estaduais (13%), editais de inovação para a indústria (7%) e do Sebrae (6%).

* Fonte: Agência Brasil


TICs em Foco - TRANSFORMAÇÃO DIGITAL
Prever. Prevenir. Detectar e Responder

Essas são a exigência da remodelagem da gestão de riscos e da segurança organizacional nas corporações.

Banco Daycoval e seguradora Zurich aderem ao Torq para fazer Inovação virar projeto

"Temos 300 clientes, nossa meta é que 10% deles tenham um projeto feito no Torq em 12 meses", diz o Diretor Presidente da Senior Solutions, Bernardo Gomes.

Google segue Facebook e proíbe anúncio de moedas virtuais

Regra começa a valer em junho. Rede social barrou a publicação de anúncios de produtos financeiros não regulados ou especulativos.

Finep e BNDES querem garantias para novo aporte na Unitec Semicondutores

Depois de R$ 1 bilhão investido na fábrica de chips próxima a Belo Horizonte, bancos de fomento foram à CGU buscar soluções legais para a Finep liberar pelo menos mais R$ 72 milhões de um total de R$ 200 milhões necessários para o início da produção.

BB investe R$ 14 milhões em IA e libera transações bancárias no Messenger, do Facebook

Até o final do ano, a instituição financeira realiza um piloto com cerca de 1000 clientes para testar as novas funcionalidades. Negociações com outras redes sociais, entre elas, o WhatsApp Business, do próprio Facebook, estão adiantadas.

Facebook busca startups para segunda etapa da estação Hack em São Paulo

Primeira etapa contou com a participação de 760 startups. Serão selecionadas 10 startups para um processo de aceleração de seis meses.



  • Copyright © 2005-2018 Convergência Digital
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G