INOVAÇÃO

Por uma indústria 4.0, Governo zera alíquota para os robôs

Ana Paula Lobo e Pedro Costa ... 14/03/2018 ... Convergência Digital

O Secretário de Comércio e Serviços do Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços, Douglas Finardi, adiantou ao participar do 3º Seminário Brasscom Políticas Públicas & Negócios, que para incentivar a Indústria 4.0 no Brasil, que a alíquota de exportação dos robôs será zerada. Também estão previstos, de acordo com o Jornal Valor Econômico, financiamentos de R$ 8.6 bilhões. A política para indústria 4.0 será conhecida nesta quinta-feira, 15/03, pelo Ministro do Desenvolvimento, Marcos Jorge.

Em entrevista à CDTV, do portal Convergência Digital, Finardi antecipa que para o setor de TI haverá ações de capacitação, de financiamento e de exportação. "Serviços de TICs mais fortes permitem que outras áreas também se fortaleçam", reporta. Com relação a aliquota zero para os robôs, Finardi, diz que o país não detém a tecnologia para a fabricação local desses equipamentos e é necessário que eles estejam em ação na economia nacional.

Dados do governo dão conta que menos de 5% das indústrias brasileiras estão preparadas para a indústria 4.0, que têm como principais tecnologias,a internet das coisas, robótica avançada, impressão 3D, manufatura híbrida, big data, computação em nuvem, inteligência artificial e sistemas de simulação virtual. Assistam a entrevista com Douglas Finardi, do MDIC.


Tecnologias vestíveis crescem 21%, mesmo com câmbio alto e pandemia

Segundo a IDC, foram vendidos 208,3 mil dispositivos como ‘fitbands’ e ‘smartwaches’ no Brasil no segundo trimestre deste 2020. 

Startup nacional é acelerada para avançar no uso dos robôs de investimento

Solução da Allê Invest foi escolhida pelo Hupp, programa de aceleração da Abrapp - Associação Brasileira das Entidades Fechadas de Previdência Complementar - para ser acelerada. Mercado é estimado em US$ 18 trilhões no mundo, em 2025.

Disputa pelos 'sem banco' acirra guerra entre bancos e fintechs de pagamento

Pesquisa, feita pela Temenos, em 32 países indica que 29% dos executivos de instituições financeiras mostra que um de cada três bancos vê as fintechs como ameaça principal aos seus negócios.

Covid-19: software para laboratórios permite colher dados de 5 mil pacientes por dia

Tecnologia da Fundação CERTI coleta informações em até 1 minuto e resolve o gargalo da demora nos testes em larga escala e adequado à Lei Geral de Proteção de Dados.

Inovação, mesmo antes da Covid-19, sai do centro da prioridade na América Latina

Pesquisa mostra que o compromisso das empresas caiu bastante em 2020, e os dados foram apurados antes do impacto da pandemia nos negócios.



  • Copyright © 2005-2020 Convergência Digital
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G