INOVAÇÃO

Embrapa descarta se tornar uma provedora de TI

Ana Paula Lobo e Pedro Costa ... 19/03/2018 ... Convergência Digital

A Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária - Embrapa - não vai virar uma empresa de TI como muitos do setor questionam, mas precisa incorporar a economia digital em favor do desenvolvimento, pontua o presidente da instituição pública de pesquisa vinculada ao Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento do Brasil, Cléber Soares. Segundo ele, a tecnologia que permite a aplicativos monitorarem e gerenciarem à distancia máquinas e rebanhos ainda não está disponível para todos no agronegócio nacional.

“Temos de alface a zebu, então esse é um desafio de todos os atores da agropecuária. Muitos elementos da agricultura moderna já usam a tecnologia digital. Aplicativos à distancia conseguem gerenciar o desempenho do rebanho, de uma máquina agrícola. Mas isso não está ainda no Brasil inteiro. O que também representa uma oportunidade”, destacou durante o 3º Seminário Brasscom Políticas Públicas & Negócios, realizado nos dias 14 e 15 de março, em Brasília.

“Não vamos virar uma empresa de TI, apesar do desenvolvimento de tecnologias ligadas a ativos de TI, como software, hardware, sensores, aplicativos móveis. Mas é fundamental trazer a economia digital para dentro de seus processos produtivos, para que isso otimize desde um simples insumo até levar sensores para o campo", diz Soares. Acompanhe a entrevista com o presidente da Embrapa.


Cloud Computing
Empresas gastaram, e bem, com infraestrutura de TI para nuvem pública e privada

Movimento foi tão intenso que, pela primeira vez na história, no 3º tri de 2018,  a receita de fornecedores de vendas de produtos de infraestrutura de TI em ambientes de nuvem - pública e privada - ultrapassou a receita de vendas em ambientes de TI tradicionais.

TICs em Foco - TRANSFORMAÇÃO DIGITAL
Prever. Prevenir. Detectar e Responder

Essas são a exigência da remodelagem da gestão de riscos e da segurança organizacional nas corporações.

Economia da cultura deve ser prioridade para o Brasil

O Brasil é muito bom em produzir cultura e não pode menosprezar o valor global de investir em cultura, advertiu o advogado Claudio Lins de Vasconcellos, do Lins Vasconcelos Advogados.

"Nem no século 25 um robô vai tirar o lugar do homem na produção da cultura"

Cultura dá dinheiro e poder ao Brasil, reforçou o advogado Claudio Lins de Vasconcellos, do Lins Vasconcelos Advogados. "Digo sempre que somos Embrapa, Embraer e Cultura. O resto é commodity e commodity não nos levará a lugar nenhum nos próximos 200 anos".

Inteligência Artificial: abrir a caixa preta dos algoritmos é necessário

Para o professor da FGV/RJ Luca Belli, a Inteligência Artificial poderia seguir preceitos éticos com base na conduta e comportamento, da mesma forma como humanos.

CNJ cria laboratório de inteligência artificial para processo eletrônico

Segundo o presidente da Comissão Permanente de Tecnologia da Informação e Infraestrutura do CNJ, Márcio Schiefler, as informações dos bancos de dados dos tribunais são valiosas. “Informação é poder”.

STJ: Sem regulação, Justiça estadual assume julgamento de casos com bitcoins

Terceira Seção do Superior Tribunal de Justiça decidiu que instância estadual é competente para tratar de crimes com moeda virtual pois ainda não há regulação sobre o tema.



  • Copyright © 2005-2018 Convergência Digital
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G