INTERNET

Brasil está entre os quatro maiores do mundo em troca de tráfego na Internet

Por Roberta Prescott* ... 19/04/2018 ... Convergência Digital

O Brasil está nas 50 maiores rotas de internet e tem o maior Internet Exchange do mundo em número de participantes. O IX.br teve um crescimento de tráfego de 79% em 2017 e aumento de 27% de participantes em 2017. Em palestra na Convenção Abranet 2018, que acontece na Bahia, Milton Kaoru Kashiwakura, do NIC.br, destacou que o País também é número um da América Latina em troca de tráfego internet e está entre os quatro maiores do mundo, tendo tido pico de 3,5 Tbit/s e média de 2,4 Tbit/s.

"Estamos galgando posições, hoje com pico de 3,5 3,5 Tbit/s. Se dobrarmos a capacidade seremos o número um do mundo", disse. Kashiwakura acredita no crescimento, uma vez que espera que companhia com alta geração de tráfego, como a Apple, entre como participantes. "Estamos esperando que a Apple chegue algum dia aqui e o tráfego dela em outros países é razoável. A entrada de grandes participantes pode aumentar a quantidade de tráfego", explicou. O crescimento do IX.br também virá do aumento de participação dos sistemas autônomos (AS, na sigla em inglês). Atualmente, 76% dos maiores AS estão presentes. 

Na comparação mundial, o valor cobrado no Brasil ainda está mais caro que países europeus. Mostrando uma análise da Telegeography, Kashiwakura apontou que, enquanto o preço médio praticado em São Paulo está em US$ 6 o mega para porta de 10 gigabits, em Amsterdam o preço é de US$ 0,54 e em Frankfurt de US$ 0,62.  

Na palestra, Kashiwakura também revelou que não haverá congelamento durante todo o período da Copa do Mundo, como ocorreu em 2014, quando o NIC.br congelou pedidos de novos ingressantes e de aumento de capacidade desde 30 dias antes da primeira partida da Copa e foi até o fim do evento. Neste ano, o congelamento ocorrerá apenas nos dias nos quais o Brasil jogar. "Vimos que a nossa infraestrutura funciona bem durante todo o ano e não há sentido fazer o congelamento durante toda a Copa", disse.

Outro tema abordado foi a pouca quantidade de sistemas autônomos na região da América Latina. São 7.942 AS, somente atrás da África e bastante longe do total 37.985 da região europeia. Na AL, o Brasil domina, tendo 5.628 AS — a Argentina tem 855 e o México tem 371.  


Europa busca consenso para taxar gigantes da Internet

Uma nova proposta costurada por Alemanha e França reduz o escopo da cobrança para mirar apenas nas receitas com publicidade.

5G exige rediscussão imediata da neutralidade de rede

"Serão novas e tão diferentes aplicações, e algumas até podem fazer a diferença entre a vida e a morte. A questão da neutralidade precisa ser encarada agora no mundo e aqui no Brasil", sustenta o diretor da 5G Americas e de Relações com o Governo da Ericsson Brasil, Tiago Machado.

Serviço de streaming de esporte chega ao Brasil e usa YouTube e Facebook

A DAZN inicia oferta comercial em março do ano que vem e terá exclusividade da Copa Sul-Americana de 2019. Modelo de negócio é por curto prazo e por partida transmitida. Empresa, especializada em esportes, tem atuação na Europa, EUA e Ásia

Associação de OTT quer Autoridade de Dados tratada na transição do governo Bolsonaro

Associação Brasileira de OTT diz que a criação da autoridade poderá ficar prejudicada após a intensa mudança de quadros no Executivo e Legislativo o que poderá prejudicar a aplicação efetiva da Lei de Dados Pessoais em 2020.

Só 27% dos que usam smartphones se sentem no controle dos dados pessoais

Pesquisa em 10 países, inclusive no Brasil, aponta que os sucessivos casos de vazamentos e novas leis de proteção da privacidade despertaram a preocupação com dados pessoais e 76% tentam protegê-los.

Revista Abranet 26 . nov-dez 2018 / jan 2019
Veja a Revista Abranet nº 26 Estudo da Abranet revela a existência de um universo díspar entre os prestadores, o que impõe desafios à regulamentação mínima necessária para manter o mercado estruturado e o limite aceitável para a sobrevivência das empresas.
Clique aqui para ver outras edições

Acompanhe a Cobertura Especial do II Congresso Brasileiro de Internet - Abranet

Empresas da Internet pedem mais segurança jurídica

“O Marco Civil da Internet trouxe base sólida para criar parâmetros para se ter lei mínima para a Internet seguir avançando, mas, infelizmente, vemos varias iniciativas tentando modifica-lo", afirmou o presidente da Abranet, Eduardo Parajo.

Acompanhe a Cobertura Especial do II Congresso Brasileiro de Internet

  • Copyright © 2005-2018 Convergência Digital
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G