INCLUSÃO DIGITAL

STF vai julgar contrato entre Telebras e Viasat para uso do satélite

Luís Osvaldo Grossmann ... 20/04/2018 ... Convergência Digital

Um mês depois de ser suspenso pela Justiça, o acordo entre a Telebras e a empresa americana Viasat para uso do satélite geoestacionário de defesa e comunicações chegará ao Supremo Tribunal Federal. No quarto recurso da União e da estatal para derrubar aquela decisão, o Superior Tribunal de Justiça nem conheceu o pleito, indicando questões constitucionais.
Vai sendo mantida, assim, a decisão da Justiça estadual o Amazonas, de 23/3, que enxergou risco à soberania nacional no acerto a partir das alegações da Via Direta, empresa de Manaus que alega ter um entendimento prévio com a Telebras para utilização de 15% da capacidade em banda Ka do satélite. Decisão depois reafirmada pela Justiça federal, primeiro no Amazonas, depois em Brasília.
Ao analisar o novo recurso, a presidente do STJ, ministra Laurita Vaz, não chegou a se aprofundar no mérito da questão. Ao identificar que o causa encosta em questões de soberania e defesa nacional, ela entendeu que nem é o caso de avaliar-se eventuais questões infraconstitucionais, mas sim encaminhar diretamente o processo à presidente do STF, Carmem Lúcia.
União e Telebras alegam justamente o contrário: que as alegações são “falaciosas” e que o acordo comercial com a Viasat envolve tão somente o uso dos spots de transmissão de banda larga via satélite, operação totalmente segregada do uso da banda X, que pelo mesmo satélite transmite comunicações das Forças Armadas.


Carreira
TRT precisa se manifestar sobre dissídio de TI em São Paulo

Depois que o desembargador Rafael Pugliese converteu o procedimento pré-processual de tentativa de conciliação é preciso aguardar manifestação do Tribunal para que o processo tenha continuidade.

Viasat alega que TCU já atestou legalidade do contrato com Telebras

Para empresa americana, agravo contra o acordo movido pela Procuradoria Geral da República é baseado em mal entendidos.

America Net: Programa WiFi Livre SP une risco e oportunidade de negócios

Operadora investirá R$ 20 milhões na iniciativa e aposta que o retorno virá com a exposição da marca junto aos assinantes, revela o vice-presidente, José Luiz Pelosini. America Net vai ter 619 pontos de acesso WiFi gratuito público na capital paulista.

Um terço das casas no Brasil usam antenas parabólicas

Segundo o IBGE, são 23 milhões de domicílios, bem espalhados pelo país. Isso revela o problema que a Anatel terá para mitigar as interferências e liberar a faixa de 3,5GHz para o 5G.

Internet chega a 3 de cada 4 domicílios no Brasil

Nas mãos de 84% dos brasileiros, o celular é o típico aparelho para uso da rede. Mas as conexões fixas já alcançam 73% dos lares do país, conforme dados da PNAD Contínua TIC 2017, do IBGE. Mas quase 30% da população ainda acha que o acesso à Internet é caro.

Viasat: TCU controla viabilidade de acordo com Telebras

Segundo a vice presidente da empresa, Lisa Scapone, a demanda existe e pode ser medida pelo Gesac, mas operação comercial no Brasil depende dos ajustes no contrato para uso do satélite nacional.

Anatel indica que banda larga móvel pode ficar com sobras da TV Digital

“Edital tinha dois objetivos: a transição do sistema de TV digital e o desenvolvimento da banda larga móvel no país”, afirma presidente da agência, Leonardo de Morais. Saldo chega a R$ 877 milhões.



  • Copyright © 2005-2019 Convergência Digital
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G