INCLUSÃO DIGITAL

Telebras: ‘Senhas não foram abertas a nenhuma empresa’

Luís Osvaldo Grossmann ... 20/04/2018 ... Convergência Digital

Em resposta a críticas que constam na disputa judicial da manauara Via Direta com a Telebras, a estatal recusa as menções de que teria “aberto senhas” do satélite geoestacionário de defesa e comunicações a empresa estrangeira. “As senhas do SGDC não foram abertas a nenhuma empresa – incluindo a ViaSat”, afirma a Telebras em nota ao Convergência Digital.
Trata-se referencia direta ao que apontou a juíza federal Jaiza Fraxe sobre o pedido de sigilo processual feito pela Telebras por entender que “a própria requerida entregou contrato, senhas e coordenadas do único satélite de defesa estratégica brasileiro à empresa estrangeira”.
Segundo a Telebras, “as chaves criptográficas do satélite (chamadas “senhas do SGDC”) possibilitam que a Telebras e o Ministério da Defesa possam operar e controlar o satélite de forma criptografada. Em outras palavras, é o que ativa e desativa o satélite. Apenas pessoas estratégicas dos dois órgãos têm acesso a estas chaves. E, em nenhuma hipótese, esta informação foi divulgada”.
Na ação, a Telebras alega que a Via Direta faz afirmações “falaciosas” para defender um suposto direito a 15% da capacidade do SGDC. A estatal nega qualquer risco à soberania ou à defesa nacional no acordo com a empresa americana. “A ViaSat foi contratada para instalar as antenas em todo o Brasil”, explica. Daí que as supostas “senhas” seriam informações disponibilizadas a todas as interessadas na capacidade do satélite.
“O único documento enviado à Via Direta se chama ‘Especificações da Banda Base e Terminais de Usuários’. Ele contém as informações da faixa de frequência de operação dos feixes em Banda Ka e as Estações de Acesso do SGDC. Ou seja, documento que toda e qualquer empresa interessada em realizar testes ou instalar equipamentos de banda base necessitam para parametrizar e configurar seus equipamentos. Nada tem a ver com as senhas”, insiste a Telebras, lembrando que “durante o Chamamento Público, ao todo 13 empresas tiveram acesso a esta documentação, mediante assinatura do Termo de Compromisso de Manutenção de Sigilo”.
Finalmente, a Telebras nega que exista compromisso firmado com a Via Direta sobre o uso da banda Ka do SGDC. “A Telebras tem pedido reiteradamente que a Via Direta apresente o contrato que assinou com a Telebras, ou a autorização do investimento, ou uma proposta comercial para os 15% do SGDC dos quais ela alega ter direito. Ainda não tivemos acesso a nenhum destes documentos”.


Carreira
Cursos de Tecnologia voltam a crescer com ensino a distância

Um em cada cinco estudantes matriculados no ensino superior no Brasil estuda a distância, aponta o o Censo da Educação Superior divulgado pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep).

TICs em Foco - TRANSFORMAÇÃO DIGITAL
Prever. Prevenir. Detectar e Responder

Essas são a exigência da remodelagem da gestão de riscos e da segurança organizacional nas corporações.

Governo diz ao TCU que só Telebras tem satélite de banda larga nacional

MCTIC diz à Corte de Contas que operadoras privadas não têm condições técnicas de atender ao programa Gesac com cobertura e velocidades exigidas.

Proibir o uso do celular pelos jovens é estratégia ineficaz e sem futuro

"Proibindo por proibir não estamos ensinando nada", advertiu a psicóloga Evelise Galvão de Carvalho, ao participar do Workshop Impactos da Exposição de Crianças e Adolescentes na Internet, promovido pelo CGI.br e pelo NIC.br.

Via Direta recorre e diz que STF legitimou ‘escândalo’ entre Telebras/Viasat

Empresa do Amazonas disparou contra o STF.  "Ao permitir o funcionamento do SGDC, Vossa Excelência(referindo-se a ministra Carmen Lúcia) legitimou o maior escândalo das telecomunicações de toda história brasileira”, escreveu na petição, o dono da Via Direta, Ronaldo Tiradentes.

Facebook abandona projeto de drones para conectar áreas remotas

Empresa anunciou que vai desativar a unidade que construiu o Aquila, o veículo não tripulado do tamanho de um Boeing 737 que prometia irradiar internet. Rival Google ficou sozinha com o projeto Loon, de balões para a Internet.

TV Digital: Sobras de recursos devem comprar mais conversores

Estimativas são de que haverá disponível cerca de R$ 600 milhões dos R$ 3,6 bilhões que o leilão da faixa de 700 MHz destinou à TV Digital, suficiente para comprar cerca de 3 milhões de novos kits.

Juiz de Fora, MG, é número 1 na oferta de serviços digitais em ranking das teles

Operadoras expandiram o ranking das cidades amigas da banda larga para avaliar também as que oferecem serviços digitais aos cidadãos.No ranking das cidades amigas da Banda Larga, Uberlândia se mantém com a liderança. Brasília e São Paulo estão nos últimos lugares.



  • Copyright © 2005-2018 Convergência Digital
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G