Home - Convergência Digital

American Tower cria centro nacional de desenvolvimento de IoT para suportar rede LoRa

Convergência Digital - Carreira
Por Roberta Prescott* - 02/05/2018

A American Tower do Brasil (ATC) está apostando em internet das coisas (IoT, na sigla em inglês). Tanto que está construindo uma rede usando a tecnologia LPWAN (low power wide area network) no padrão LoRa (long range) e em frequência não-licenciada (banda ISM, 900MHz). A companhia será fornecedora da infraestrutura de rede compartilhada no atacado e, para fomentar o mercado, anunciou o IoT Open Labs, um centro de experiência e desenvolvimento que tem parceria da ATC com a Everynet e BandTec Digital School.

Entre os objetivos do projeto está capacitação de novos profissionais para acelerar o ecossistema de IoT no Brasil e ampliar a atuação da companhia como player de compartilhamento de infraestrutura no setor de telecomunicações no Brasil. O IoT Open Labs tem também o papel de atuar como viabilizador da nova infraestrutura da ATC, que entendeu que não basta construir a rede, sendo necessário estimular o ecossistema dos desenvolvedores de dispositivos, sensores e da camada de aplicação e software.

A proposta do IoT Open Labs é ser um local onde empresas parceiras, clientes, desenvolvedores e estudantes poderão experimentar, interagir, testar e entender fim a fim as aplicações para internet das coisas funcionando em uma rede real. A ATC espera que o centro seja um catalisador do ecossistema de aplicações para o desenvolvimento e implantação de aplicações para IoT, fazendo uso de espaços dedicados ao desenvolvimento de aplicações, cursos de capacitação e especialização.

A Everynet é o parceiro tecnológico escolhido pela American Tower responsável pelo desenvolvimento dos rádios e servidores LoRa. A BandTec Digital School é o parceiro que fornece a infraestrutura para o IoT Open Labs e o suporte acadêmico no desenvolvimento de soluções de IoT. 


Enviar por e-mail   ...   Versão para impressão:
 

LEIA TAMBÉM:

19/10/2018
Só com conectividade, teles não vão ganhar dinheiro com IoT

18/10/2018
Sigfox vai fabricar módulo de IoT no Brasil para reduzir custo dos dispositivos

17/10/2018
Mercado de IoT projeta movimentar US$ 8 bilhões no Brasil em 2018

16/10/2018
Claro terá rede 100% pronta para IoT até meados de 2019

15/10/2018
MCTIC mantém esperança de ver decreto de IoT aprovado no Governo Temer

09/10/2018
Torii: rede zumbi usa robôs para roubar informações de dispositivos IoT

20/09/2018
Triplicam os ataques de malware via internet das coisas

20/09/2018
Nos EUA, empresa só fará seguro de vida para quem usar sensores vestíveis

19/09/2018
BNDES recebe 54 projetos de IoT e selecionados terão apoio de R$ 30 milhões

18/09/2018
Qualcomm monta Centro de IoT para formação de profissionais

Destaques
Destaques

FCC, dos EUA, impõe ‘Lei das Antenas’ para acelerar redes 5G

Regra aprovada pelo regulador dos Estados Unidos prevê entre 60 e 90 dias como prazo máximo para licenças de instalação de equipamentos, em especial, para as small cells. Lá também há burocracia e o prazo de espera pode chegar a um ano. No Brasil, a situação não é diferente.

BNDES recebe 54 projetos de IoT e selecionados terão apoio de R$ 30 milhões

São 23 projetos que propõem soluções de Internet das Coisas para cidades, 17 para saúde e 14 para campo. Juntos, envolvem investimentos de R$ 360 milhões. Banco vai selecionar, até outubro, as empresas que vão receber empréstimos não reembolsáveis.

Veja mais vídeos
Veja mais vídeos da CDTV
Veja mais artigos
Veja mais artigos

Desvende 10 mitos sobre os cartões biométricos

Por Cassio Batoni*

Como toda nova tecnologia, os questionamentos sobre a sua segurança e e a sua confiabilidade ainda existem e são compreensíveis, mas ela veio para ficar. A impressão digital surge como a confirmação principal de que o usuário é quem diz ser.


Copyright © 2005-2016 Convergência Digital ... Todos os direitos reservados ... É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site