TELECOM

Anatel volta a negar corte no preço na TV paga por exclusão dos canais Simba

Luís Osvaldo Grossmann ... 03/05/2018 ... Convergência Digital

A Anatel arquivou um novo recurso do Inadec, entidade que defende direitos dos consumidores, que insistia na redução no preço das assinaturas de televisão paga por conta da conturbada negociação entre a Simba e as operadoras do setor, notadamente Net, Sky, Vivo e Oi.

“Essa ação busca um abatimento, mas a Superintendência de Relações com os Consumidores entendeu que não houve prejuízo aos usuários, uma vez que se tratam de canais abertos e portanto já disponíveis para o público”, explica o relator do pleito, Aníbal Diniz.

Depois do desligamento do sinal analógico da TV aberta em São Paulo, em março de 2017, a Simba, criada para representar os interesses da Record, do SBT e da RedeTV! exigiu a retirada dos canais das programações nas operadoras NET, Claro, Embratel, Sky, Vivo e Oi, por falta de acordo sobre o preço. Meses depois, por entendimento os canais voltaram à programação.



Painel Telebrasil 2019
A 63ª edição do principal encontro institucional de lideranças do setor de telecomunicações e TICs acontecerá entre os dias 21 e 23 de maio de 2019, em Brasília. Saiba mais em paineltelebrasil.org.br
Veja o vídeo

Estado quer impor autoridade pelo poder sancionador

A afirmação é do ex-advogado geral da União, Luis Adams, ao falar sobre as sanções administrativas aplicadas ao setor de Telecomunicações.

TV por assinatura: Pirataria causa prejuízo de R$ 4 bilhões ao ano

Nos últimos dois anos, a Receita Federal já destruiu 100 mil decodificadores piratas apreendidos em Foz do Iguaçu. Prejuízo da indústria é estimado em R$ 40 milhões, já que cada aparelho custa em média US$ 100.

Bens reversíveis: Posição da Anatel contraria a Lei

Ao impedir a venda de todo e qualquer bem pelas operadoras, a agência gera insegurança ao investido, advertiu o advogado Fabiano Robalinho, do escritório Sérgio Bermudes Advogados.

Guerra fria na Telecom Italia, dona da TIM, ganha novo capítulo 'sangrento'

A francesa Vivendi reclama de quebra dos princípios de governança corporativa da operadora italiana com a não convocação de uma assembleia de acionistas.



Painel Telebrasil 2017 - Cobertura Especial ConvergênciaDigital


Clique aqui e acompanhe a cobertura completa do Painel Telebrasil 2017

  • Copyright © 2005-2018 Convergência Digital
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G