INTERNET

Superintendência-Geral do CADE recomenda arquivar processo da Microsoft contra o Google

Convergência Digital ... 11/05/2018 ... Convergência Digital

Em despacho assinado nesta sexta-feira (11/05), a Superintendência-Geral do Conselho Administrativo de Defesa Econômica (SG/Cade) recomendou o arquivamento de dois processos administrativos que investigam supostas infrações à ordem econômica no mercado de busca na internet. Em um dos processos, a E-Commerce Media Group Informação e Tecnologia Ltda. acusou o Google de copiar avaliações de produtos que clientes teriam deixado nos sites Buscapé e Bondfaro, de sua titularidade, para exibi-las como conteúdo do seu próprio serviço de comparação de preços, o Google Shopping. Para isso, a empresa argumenta teria se utilizado do seu poder de mercado na realização de buscas na internet.

No outro processo, a Microsoft, titular do site de buscas Bing, denunciou o Google por reduzir os incentivos para que empresas anunciassem, ao mesmo tempo, tanto nas páginas de resultados de busca do Bing (por meio do Bing Ads) quanto nas páginas do Google (por meio do AdWords). De acordo com a acusação, o Google estaria inserindo cláusulas abusivas nos termos e condições de uso para a criação de softwares que permitem a realização de campanhas publicitárias na plataforma AdWords. Essas cláusulas reduziriam os incentivos para que uma empresa anunciasse tanto no AdWords quanto no Bing e em sites concorrentes.

Análise

No processo sobre cópia de conteúdo de terceiros, a SG/Cade entendeu não haver provas de que a conduta teria prejudicado consumidores brasileiros. Além disso, comparadores de preços concorrentes informaram à autarquia que não teriam sido alvos de conduta semelhante por parte do Google. Já em relação ao processo sobre cláusulas abusivas, a SG/Cade entendeu que a conduta não surtiu efeitos negativos, mesmo que potenciais.

Após contato com diversos clientes do Bing Ads e do AdWords, além de agências de publicidade, foi verificado que o anúncio em mais de um site é possível e não sofre limitações por conta de exigências do Google sobre a criação de software.Em razão disso, ao final da instrução a SG/Cade concluiu que não há indícios de infrações à ordem econômica nesses casos. Agora, os processos serão encaminhados ao Tribunal do Cade, responsável pela decisão final.

Outras investigações

O arquivamento dos processos não prejudica o andamento de outras investigações que o Cade tem realizado sobre o Google. Tramitam na Superintendência-Geral investigações sobre a exibição de resultados do Google Shopping na página de resultados gerais do Google e sobre abuso de posição dominante no mercado de busca local.

 


Ministros europeus querem imposto sobre Internet ainda em 2018

Ministros de finanças da União Europeia voltam a se reunir para tratar da taxa que deverá incidir sobre as receitas das empresas online com publicidade e mercados virtuais, como Facebook, Google e Amazon. Questão, no entanto, não é unânime.

Empresa paulista faz piloto de IoT para medição de água em 1000 residências

Equipamento, produzido pela DuoDigit,  de São Caetano do Sul, tem como diferencial a bateria, com vida útil de 10 anos de duração.

Embalagens inteligentes abrem frente para a IoT na Indústria 4.0

Com cerca de quatro milhões de embalagens retornáveis em circulação na indústria automobilística, a startup Reciclapac investe na conexão das Internet das Coisas à Logistica.

Emails de mais de 3,3 milhões de brasileiros foram vazados de site

O vazamento foi confirmado pelo site MyHeritage ao Ministério Público do Distrito Federal e Territórios (MPDFT). O incidente aconteceu em 2017, mas dados sensíveis dos clientes não teriam vazado, de acordo com  investigação feita pela Autoridade Israelense de Proteção de Dados.

Para 83%, produtos vendidos pela internet são mais baratos

Preço e comodidade são principais vantagens das compras online, segundo pesquisa do SPC. Mas 41% admitem que internet incentiva gastos por impulso.

Revista Abranet 25 . ago-set-out 2018
Veja a Revista Abranet nº 25 Ordenar o uso e organizar o compartilhamento das infraestruturas aérea e terrestre são medidas imperativas para as empresas de energia, telecomunicações e de internet. E muito mais...
Clique aqui para ver outras edições

Acompanhe a Cobertura Especial do II Congresso Brasileiro de Internet - Abranet

Empresas da Internet pedem mais segurança jurídica

“O Marco Civil da Internet trouxe base sólida para criar parâmetros para se ter lei mínima para a Internet seguir avançando, mas, infelizmente, vemos varias iniciativas tentando modifica-lo", afirmou o presidente da Abranet, Eduardo Parajo.

Acompanhe a Cobertura Especial do II Congresso Brasileiro de Internet

  • Copyright © 2005-2018 Convergência Digital
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G