GOVERNO

Telebras aumenta prejuízo e destina mais de 80% dos recursos ao satélite

Ana Paula Lobo* ... 15/05/2018 ... Convergência Digital

No primeiro trimeste deste ano, a Telebras voltou a a presentar prejuízo -  R$ 62,6 milhões, um resultado pior do que o do mesmo período do ano passado, quando registrou perdas de R$ 62,1 milhões. A receita, entretanto, quase que dobrou (+86,7%) passando de R$ 16,3 milhões para R$ 30,5 milhões nos períodos analisados. Os dados financeiros foram divulgados nesta terça-feira, 15/05.

O balanço financeiro mostra ainda que a Telebras aumentou os investimentos no satélite Geoestacionário de Defesa e Comunicações Estratégicas, que está com as operações suspensas por conta das contestações ao processo de escolha da norte-americana Viasat como parceira comercial do projeto. A empresa aportou R$ 57,98 milhões, ou 83,8% de todo o seu investimento feito no trimestre, R$ 69,2 milhões. O Plano Nacional de Banda Larga recebeu 14,9% dos recursos, ou pouco mais de R$ 10 milhões.

Os Custos e Despesas Operacionais (Exceto Depreciação e Amortização) totalizaram R$ 71,2 milhões no período, um crescimento de 49,6% na comparação com o 1T17 (R$ 47,6 milhões) e redução de 27,5% (98,2 milhões) com relação ao 4T17. O principal evento que contribuiu para este aumento na comparação entre o1T18 e 1T17 foi, de acordo com os dados do balanço financeiro, o reconhecimento dos custos com meios de conexão e transmissão. Este crescimento ocorreu devido a novas demandas de serviço de internet, principalmente, para atendimento aos contratos da Dataprev, que a estatal ganhou do consórcio das teles, e Ministério do Trabalho.

Com relação ao quarto trimestre, a queda é justificada pelo reconhecimento de perdas estimadas com crédito de liquidez imediata no valor de R$ 22.427 milhões no 4T17, e que estão ligadas ao contrato de prestação de serviços da Copa do Mundo de 2014, que tem como devedor o Ministério das Comunicações (atual Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovação e Comunicações – MCTIC) - uma dívida estendida em mais de três anos - e também pela provisão para o programa de indenização por serviços prestados – PISP (R$ 10,5 milhões). Clique aqui e veja o balanço financeiro da Telebras.

* Com informações da Telebras



Painel Telebrasil 2019
A 63ª edição do principal encontro institucional de lideranças do setor de telecomunicações e TICs acontecerá entre os dias 21 e 23 de maio de 2019, em Brasília. Saiba mais em paineltelebrasil.org.br
Veja o vídeo

Vinte e dois anos depois, governo tenta, mais uma vez, criar uma identidade nacional

Mais um Grupo de Trabalho foi montado para fazer o projeto sair do papel. Objetivo é criar uma base digital que unifique documentos diversos como Registro Geral (RG), Cadastro de Pessoa Física (CPF), Carteira Nacional de Habilitação (CNH), Carteira de Trabalho, Título de Eleitor e Certificado de Reservista.

MCTIC quer destravar acordo Telebras/Viasat por banda larga em 100 dias

Em entrevista ao portal do Palácio do Planalto, o ministro Marcos Pontes ambém falou sobre levar robótica para as salas de aula.

Caio Mario de Andrade é o novo presidente do Serpro

Perfil escolhido para a estatal é de um empreendedor da Internet. Vice-presidência ficará com um servidor de carreira, Wilson Biancardi Coury, que estava cedido à Rede Nacional de Pesquisa.

MCTIC quer modelo privado para o financiamento à inovação

“Temos a Finep, mas precisamos de um modelo de parceria com o setor privado”, afirma o novo ministro de Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações, Marcos Pontes.



  • Copyright © 2005-2018 Convergência Digital
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G