INCLUSÃO DIGITAL

Copa e eleições vão adiar cronograma da TV Digital

Luís Osvaldo Grossmann ... 23/05/2018 ... Convergência Digital

Por conta da Copa do Mundo e das eleições, o grupo que reúne governo, Anatel, operadoras e emissoras de televisão já se prepara para adiar as etapas que faltam do cronograma de desligamento dos sinais analógicos de TV. Segundo o presidente do grupo e da agência, Juarez Quadros, a estratégia visa evitar maiores turbulências no processo.

“Temos um desligamento agora no próximo dia 30 de maio em Belém, Manaus, Teresina, João Pessoa, Maceió e Aracaju. Se não der os 90% na pesquisa do Ibope, não dá para desligar em plena Copa do Mundo”, afirmou Quadros nesta quarta, 23/5, durante participação no Painel Telebrasil 2018, em Brasília.

Na próxima semana o grupo que coordena a transição digital receberá novos números do Ibope sobre o grau de preparação dos domicílios. A meta estipulada é para autorização do desligamento dos sinais analógicos apenas se pelo menos 90% dos lares estão aptos a ficar sem eles e receber somente os sinais digitais.

Por conta desses resultados, quando a pesquisa beira o percentual desejado a solução tem sido autorizar o desligamento, mas prolongando esse processo. “Às vezes temos retardado o desligamento em duas, três ou quatro semanas. Declaramos que pode desligar, mas termina mesmo o desligamento em determinado dia. Então essa data limite, a critério das emissoras, ficaria para depois da Copa”, explicou o presidente da Anatel.

Segundo ele, o mesmo deverá ocorrer na fase seguinte de desligamento. “Na outra leva de cidades, que envolve as capitais do Acre, Rondônia, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Tocantins, Roraima e Amapá, e que estão programada para 14 de agosto, deixaríamos para depois do segundo turno das eleições”, disse.


TICs em Foco - TRANSFORMAÇÃO DIGITAL
Prever. Prevenir. Detectar e Responder

Essas são a exigência da remodelagem da gestão de riscos e da segurança organizacional nas corporações.

Governo diz ao TCU que só Telebras tem satélite de banda larga nacional

MCTIC diz à Corte de Contas que operadoras privadas não têm condições técnicas de atender ao programa Gesac com cobertura e velocidades exigidas.

Proibir o uso do celular pelos jovens é estratégia ineficaz e sem futuro

"Proibindo por proibir não estamos ensinando nada", advertiu a psicóloga Evelise Galvão de Carvalho, ao participar do Workshop Impactos da Exposição de Crianças e Adolescentes na Internet, promovido pelo CGI.br e pelo NIC.br.

Via Direta recorre e diz que STF legitimou ‘escândalo’ entre Telebras/Viasat

Empresa do Amazonas disparou contra o STF.  "Ao permitir o funcionamento do SGDC, Vossa Excelência(referindo-se a ministra Carmen Lúcia) legitimou o maior escândalo das telecomunicações de toda história brasileira”, escreveu na petição, o dono da Via Direta, Ronaldo Tiradentes.

Facebook abandona projeto de drones para conectar áreas remotas

Empresa anunciou que vai desativar a unidade que construiu o Aquila, o veículo não tripulado do tamanho de um Boeing 737 que prometia irradiar internet. Rival Google ficou sozinha com o projeto Loon, de balões para a Internet.

TV Digital: Sobras de recursos devem comprar mais conversores

Estimativas são de que haverá disponível cerca de R$ 600 milhões dos R$ 3,6 bilhões que o leilão da faixa de 700 MHz destinou à TV Digital, suficiente para comprar cerca de 3 milhões de novos kits.

Juiz de Fora, MG, é número 1 na oferta de serviços digitais em ranking das teles

Operadoras expandiram o ranking das cidades amigas da banda larga para avaliar também as que oferecem serviços digitais aos cidadãos.No ranking das cidades amigas da Banda Larga, Uberlândia se mantém com a liderança. Brasília e São Paulo estão nos últimos lugares.



  • Copyright © 2005-2018 Convergência Digital
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G