TELECOM

Europa costura legislação mais leve para telecom em troca de investimentos

Convergência Digital ... 29/05/2018 ... Convergência Digital

Parlamentares da União Europeia e Estados membros fecharam acordo informal sobre uma lei que permite que as operadoras de telecomunicações sejam desregulamentadas, caso invistam conjuntamente com rivais. Trata-se da revisão do marco legal do bloco sobre comunicações eletrônicas, em tratativas iniciadas ainda em 2016.

Segundo a agência Reuters, já existe um rascunho de acordo a ser votado em junho no Parlamento Europeu. E uma das abordagens para incentivar o aporte em novas redes de telecomunicações é a promessa de regulação mais leve para as operadoras que se comprometerem a fazer investimentos em conjunto e compartilhado com concorrentes.

Segundo a Reuters, antigos monopólios estatais como a Orange, a Deutsche Telekom e a Telecom Italia reclamam há muito tempo que as regras atuais que os forçam a abrir suas redes a concorrentes a preços regulados não lhes permitem obter retorno decente sobre o investimento.

A Comissão espera que acordos de longo prazo, nos quais operadores não tenham que arcar com todo o dinheiro, os encorajem a investir em redes de fibra, que podem custar entre 500 e 800 euros por família, segundo cálculo do Goldman Sachs.

Inicialmente, o Parlamento rejeitou a inclusão de acordos de compra como tipos de coinvestimento, temendo que isso pudesse prejudicar a concorrência, mas cedeu quando foram estabelecidas condições mais estritas sobre que tipos de contratos de compra poderiam se beneficiar de uma regulamentação mais suave.
Espera-se que a lei seja concluída numa reunião da Comissão com o Parlamento Europeu e os Estados membros em 5/6.

* Da Reuters


Internet Móvel 3G 4G
Municípios seguram 4 mil pedidos para novas antenas de celular

A instalação dessas estações radio-base movimentaria R$ 2 bilhões. Só em São Paulo são 1,2 mil, mas há dois anos não há qualquer permissão municipal.

Painel Telebrasil 2019
A 63ª edição do principal encontro institucional de lideranças do setor de telecomunicações e TICs acontecerá entre os dias 21 e 23 de maio de 2019, em Brasília. Saiba mais em paineltelebrasil.org.br
Veja o vídeo

Bens reversíveis: Anatel não está apegada a 'rótulos patrimoniais ou funcionais'

Para Ronaldo Neves, assessor da presidência da Anatel, 2018 está sendo um ano interessante para a posição da agência com relação ao tema, classificado como instigante. Segundo ele, a reversibilidade está associada apenas ao bem direcionado para a prestação do serviço concedido.

Metodologia da Anatel obriga teles irem à Justiça contra valores de multas

"Cabe à agência fazer uma reflexão de como está cobrando. As infrações cometidas no 2º semestre têm valor de multa maior do que as mesmas infrações cometidas no 1º semestre", explica o advogado Rodrigo Greco, da Rodrigo Greco Associados.

Arbitragem resolve conflitos, mas não é para todo tipo de empresa

“A arbitragem é muito boa para resolução de conflitos para questões de grande dimensão econômica, com cifras milionárias, e alta complexidade técnica”, advertiu Gustavo Schmidt, SLK Advogados.

Claro faz piloto com roteadores de baixa latência

Carlos Camardella, consultor da operadora, diz que iniciativa terá duração de seis meses e é voltada para sincronizar os equipamentos de forma a garantir o melhor serviço ao consumidor.



Painel Telebrasil 2017 - Cobertura Especial ConvergênciaDigital


Clique aqui e acompanhe a cobertura completa do Painel Telebrasil 2017

  • Copyright © 2005-2018 Convergência Digital
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G