Home - Convergência Digital

Anatel antecipa cronograma para liberar faixa de 700 MHz em SP, BH e POA

Convergência Digital - Carreira
Luís Osvaldo Grossmann - 29/05/2018

O grupo de implementação da TV Digital que reúne governo, Anatel, teles móveis e emissoras de televisão decidiu antecipar o cronograma para a liberação da faixa de 700 MHz e seu uso no 4G em São Paulo, Belo Horizonte e Porto Alegre, parte de um grupo de 40 municípios que poderão, se tudo der certo, se valer dessa faixa para a internet móvel daqui cerca de 30 dias.

Ao todo foi antecipado o cronograma em 40 cidades, que também incluem Curitiba, Jundiaí, Mogi das Cruzes e  São José dos Campos. “Estamos antecipando esse calendário em 18 meses, no caso de São Paulo, para liberar essa frequência. Imagino que em junho ela já esteja sendo utilizada nessas cidades, visto que no Rio de Janeiro esse período final de mitigação não levou nem 30 dias”, afirmou o presidente da Anatel, Juarez Quadros.

A decisão veio junto com a verificação dos novos números do Ibope que permitem seguir adiante com o desligamento dos sinais analógicos em mais sete capitais: Aracaju-SE, João Pessoa-PB, Maceió-AL, Natal-RN e Teresina-PI, além de Belém-PA e Manaus-AM. “É um momento especial porque atingimos metade da população brasileira, mais de 100 milhões de pessoas, já com o modelo digital”, comemorou o ministro de Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações, Gilberto Kassab. Nesta fase, o desligamento atinge 3,4 milhões de domicílios.

“Com essa etapa completamos todas as capitais do Nordeste. Com Belém, Manaus e seus entornos, começamos o desligamento na Região Norte. Vai faltar Palmas, Boa Vista, Macapá, Rio Branco e Porto Velho, além de Campo Grande e Cuiabá, no Centro-Oeste, para completar todas as capitais do país com sinal digital, o que deve acontecer lá no mês de agosto”, festejou Juarez Quadros.

Segundo o Ibope, em todas as praças foi medido que o percentual de lares ultrapassa a linha de corte de 90%. João Pessoa empatou com São Luiz, ambas ‘desligadas’ com 95% dos lares prontos a receber apenas sinais digitais. O índice foi de 93% em Aracaju, 92% em Maceió, Natal e Teresina, 91% em Belém e Manaus.

Enviar por e-mail   ...   Versão para impressão:
 

LEIA TAMBÉM:

20/02/2019
‘Horário nobre’ derruba velocidade da internet móvel pela metade no Brasil

15/02/2019
Teles ativaram um 4G por segundo em 2018

14/02/2019
Anatel empurra para abril decisão sobre uso das sobras da TV Digital

08/02/2019
Brasil termina 2018 com 4G em 56,6% dos celulares

04/02/2019
TIM amplia oferta de banda larga fixa por 4G em São Paulo

24/01/2019
TV Digital: No GIRED, Moisés Moreira vai mediar conflito entre teles e radiodifusão

16/01/2019
TIM amplia 4G na faixa de 700 Mhz em São Paulo

16/01/2019
Latência alta é o calcanhar de aquiles do 4G no Brasil

14/01/2019
Cobertura 4G: Vivo e Claro aceleram para encostar na TIM

11/01/2019
4G está em 55% dos celulares ativos

Destaques
Destaques

IDC: Empresas brasileiras fazem mais do que falam sobre Internet das Coisas

A indefinição regulatória pesa, assim como a tributária, mas muitas corporações estão colocando os seus projetos na rua, diz Pietro Delai, gerente de consultoria e pesquisa da consultoria. No Brasil, negócios de IoT devem movimentar US$ 9 bilhões em 2019, ou R$ 30 bilhões.

Projeto de inovação usa 4G em 450 Mhz para Internet das Coisas

Seis startups foram selecionadas para iniciativa Agro IoT Lab 2018, voltada para a transformação digital do agronegócio, da Vivo, Raízen e Ericsson.

Veja mais vídeos
Veja mais vídeos da CDTV
Veja mais artigos
Veja mais artigos

Desvende 10 mitos sobre os cartões biométricos

Por Cassio Batoni*

Como toda nova tecnologia, os questionamentos sobre a sua segurança e e a sua confiabilidade ainda existem e são compreensíveis, mas ela veio para ficar. A impressão digital surge como a confirmação principal de que o usuário é quem diz ser.


Copyright © 2005-2019 Convergência Digital ... Todos os direitos reservados ... É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site