GOVERNO

MP do Distrito Federal pede investigação sobre suposta venda de dados pessoais feita pelo Serpro

Convergência Digital ... 01/06/2018 ... Convergência Digital

Investigações do Ministério Público do Distrito Federal (MPDFT) apontam para um esquema comandado pelo Serviço Federal de Processamento de Dados (Serpro) , que teria vendido base de dados pessoais dos brasileiros, pelo CPF, para a própria administração pública direta e indireta. Segundo o MPDF, em um dos contratos, o valor para a prestação do serviço é de pouco mais de R$ 270 mil. A prática é descrita pelo órgão como um negócio milionário no qual os dados armazenados e geridos pela própria administração pública são vendidos para ela mesma.

Ainda sobre a comercialização de informações pessoais, o Ministério Público do DF conseguiu o congelamento, em fevereiro, do domínio do site Consulta Pública. A forma de apresentação e a atualização dos dados foi um indicativo de que a base, provavelmente, tinha origem na administração pública. Para o MPDF, o Serpro está comercializando informações pessoais constantes das bases de dados da Receita Federal.

Diante dos indícios de irregularidades, o órgão requisitou informações ao Serpro sobre o funcionamento da extração das bases de CPF e do  Cadastro Nacional de Pessoas Jurídicas (CNPJ). Mas a empresa teria se recusado a responder as questões, alegando sigilo. Por se tratar de uma empresa pública federal, as informações foram encaminhadas na quarta-feira (30), ao Ministério Público Federal no DF, para que seja analisada a legalidade de comercialização dessas informações.

Em nota, o Serpro afirma que nunca teve contato ou repassou conteúdo ao site “Consulta Pública”. A empresa alega que sequer disponibiliza “todas as informações pessoais básicas de brasileiros” em qualquer ambiente. Ainda segundo a instituição, o que é chamado “venda de informações”, na verdade, é um procedimento legal e legítimo, amparado por lei de disponibilização, previamente autorizada, de dados e informações já públicos, pertencentes aos órgãos e entidades da Administração.

*Fonte: Agência Brasil


Painel Telebrasil 2019
A 63ª edição do principal encontro institucional de lideranças do setor de telecomunicações e TICs acontecerá entre os dias 21 e 23 de maio de 2019, em Brasília. Saiba mais em paineltelebrasil.org.br
Veja o vídeo

Vinte e dois anos depois, governo tenta, mais uma vez, criar uma identidade nacional

Mais um Grupo de Trabalho foi montado para fazer o projeto sair do papel. Objetivo é criar uma base digital que unifique documentos diversos como Registro Geral (RG), Cadastro de Pessoa Física (CPF), Carteira Nacional de Habilitação (CNH), Carteira de Trabalho, Título de Eleitor e Certificado de Reservista.

MCTIC quer destravar acordo Telebras/Viasat por banda larga em 100 dias

Em entrevista ao portal do Palácio do Planalto, o ministro Marcos Pontes ambém falou sobre levar robótica para as salas de aula.

Caio Mario de Andrade é o novo presidente do Serpro

Perfil escolhido para a estatal é de um empreendedor da Internet. Vice-presidência ficará com um servidor de carreira, Wilson Biancardi Coury, que estava cedido à Rede Nacional de Pesquisa.

MCTIC quer modelo privado para o financiamento à inovação

“Temos a Finep, mas precisamos de um modelo de parceria com o setor privado”, afirma o novo ministro de Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações, Marcos Pontes.



  • Copyright © 2005-2018 Convergência Digital
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G