Home - Convergência Digital

Trabalhadores entram com pedido de dissídio coletivo de greve no TST contra a Cobra Tecnologia (BBTS)

Convergência Digital - Carreira
Da redação - 07/06/2018

A Federação Interestadual dos Trabalhadores em Tecnologia da Informação (FEITTINF) deu entrada, junto ao Tribunal Superior do Trabalho (TST), ao processo de dissídio coletivo de greve contra a Cobra Tecnologia, responsável pela manutenção de TI do Banco do Brasil, e rebatizada de BBTS. O pedido foi feito no dia 30 de maio.

A data da mesa de conciliação ainda não foi divulgada, e a Federação está no aguardo da notificação. A intenção é de tentar chegar a um acordo; caso nenhuma das partes aceite as propostas apresentadas, o caso vai a julgamento, o que deve definir o futuro dos trabalhadores da Cobra Tecnologia. A greve dos trabalhadores já dura 15 dias e não houve acordo entre a companhia e os trabalhadores.

O movimento grevista mobiliza as unidades de São Paulo (Capital, Barueri, Campinas, ABC, São José dos Campos, Bauru, Araçatuba, Marília, litoral paulista e Ribeirão Preto), Paraná, Joinville (SC), Mato Grosso e Bahia. De acordo com os trabalhadores, a empresa já deixou de apresentar a proposta de 0% de reajuste, mas insiste em retirar direitos dos trabalhadores. A BBTS não se pronuncia sobre a negociação.

Enviar por e-mail   ...   Versão para impressão:
 

LEIA TAMBÉM:

18/10/2018
Dissídio TI : Patrões dizem não à arbitragem pública sugerida pelo TRT de São Paulo

05/10/2018
TRT quer transformar dissídio coletivo de TI em São Paulo na primeira arbitragem pública do Brasil

13/07/2018
Dissídio dos trabalhadores de TI de São Paulo segue sem definição no TRT

28/06/2018
Sem acordo, categoria de TI em São Paulo fica à espera do dissídio coletivo

25/06/2018
Funcionários da ex-Cobra Tecnologia voltam ao trabalho, mas mantêm estado de greve

21/06/2018
BBTS, ex-Cobra Tecnologia, aceita acordo do TST até julgamento do dissídio

07/06/2018
Trabalhadores entram com pedido de dissídio coletivo de greve no TST contra a Cobra Tecnologia (BBTS)

17/05/2018
Sem acordo entre patrões e empregados de TI em São Paulo

16/05/2018
TRT agenda 2ª audiência de conciliação entre patrões e empregados de TI em São Paulo

23/04/2018
Em Ribeirão Preto, Justiça ordena Coderp a fazer rescisões de contrato de trabalhao no sindicato dos trabalhadores de TI

Veja mais artigos
Veja mais artigos

Como a expatriação fortalece empresa e funcionários?

Por MarcosSantos*

O processo, que consiste em enviar profissionais para trabalhar na unidade da mesma empresa em outro país, promove uma troca de conhecimento entre a equipe da unidade estrangeira e novo colaborador, uma experiência enriquecedora de ampliação de  expertises e de uma nova atmosfera de trabalho.

Destaques
Destaques

Empregos em TI dobram em 10 anos e passam de 500 mil no Brasil

O Panorama do Setor de TICs 2018, elaborado pela Assespro Nacional, em parceria com a Assespro Paraná e a Universidade Federal do Paraná avaliou o período de 2006 a 2016. São Paulo lidera com 43% dos empregos, bem à frente dos demais Estados.

Decisão do STF a favor da terceirização não respalda a pejotização

Advogados procurados pelo portal Convergência Digital sustentam que a dispensa de empregados para a contratação como terceirizados pode caracterizar a subordinação e punição à corporação

'Jogo de cintura' não é balela. É sobrevivência

Mas toda flexibilidade exige limite. Um profissional precisa ter uma meta, um plano de carreira bem claro. A inflexibilidade também tem um custo para o profissional que se recusa a ver os novos tempos.

Veja mais vídeos
Veja mais vídeos da CDTV

Copyright © 2005-2015 Convergência Digital ... Todos os direitos reservados ... É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site