Home - Convergência Digital

Liga de futebol da Espanha usa celulares para espionar transmissão de jogos

Convergência Digital - Carreira
Luís Osvaldo Grossmann - 12/06/2018

A liga de futebol da Espanha quer usar os celulares que rodam seu aplicativo para detectar transmissões de jogos que entende irregulares. Segundo relatos da imprensa europeia, a espionagem por meio dos smartphones revoltou torcedores e foi descoberta com a entrada em vigor do novo regulamento geral de proteção de dados da Europa, pois La Liga passou a pedir autorização para acessar os microfones dos aparelhos.

“La Liga tem a responsabilidade de proteger os clubes se seus torcedores da fraude na transmissão de partidas de futebol por parte de estabelecimentos públicos (hotéis, restaurantes, cafés, etc). Estas atividades fraudulentas sugerm uma perda anual estimada em 150 milhões de euros [cerca de R$ 650 milhões] para o futebol espanhol”, reagiu a entidade, em nota, com a publicidade do assunto.

“La Liga implantou uma nova funcionalidade no seu app oficial com o único objetivo de detectar estas transmissões fraudulentas, informando de maneira transparente e solicitando o consentimento de maneira expressa e específica, podendo os usuários prestar livremente”, completa ainda a entidade, explicando que afeta apenas a versão do aplicativo para sistemas Android e apenas na Espanha. Além do microfone, o app usa o sistema de GPS dos aparelhos.

Promete, porém, a entidade que “só ativará o microfone e o geoposiocionamento do dispositivo durante os horários de partidas em que atuem equipes  de La Liga” e que não vai acessar os “fragmentos de áudio captados pelo microfone” pois estes são “convertidos de forma automática em um código binário no próprio dispositivo” e que esse processo “não permite obter a gravação”.

Enviar por e-mail   ...   Versão para impressão:
 

LEIA TAMBÉM:

10/12/2018
STF: Relatores dizem que é inconstitucional barrar apps de transporte

06/12/2018
Austrália aprova lei que dá calafrios às gigantes da Internet

06/12/2018
Coalizão pede urgência para autoridade nacional de dados

04/12/2018
Mercado e sociedade tentam derrubar veto à autoridade de proteção de dados

29/11/2018
Serviço de streaming de esporte chega ao Brasil e usa YouTube e Facebook

28/11/2018
Entidades pró consumidor pedem a criação de autoridade nacional de dados ainda em 2018

27/11/2018
Vazamento de dados rende mais R$ 4,5 milhões em multas contra Uber

27/11/2018
Consumidores europeus querem processar Google por rastreamento

26/11/2018
Governo repagina troca de aplicativos e lança Rede Gov.br

20/11/2018
Só 27% dos que usam smartphones se sentem no controle dos dados pessoais

Destaques
Destaques

5G exige pelo menos 100 MHz para cada operadora no Brasil

O tema preocupa a coordenação de espectro do 5G Brasil, uma vez que foram destinados 300 MHz na faixa intermediária e há quatro operadoras nacionais.

Segurança cibernética é crítica para o avanço do 5G

O tema é considerado polêmico - até em função das questões políticas que o envolvem como a briga China x EUA -, mas precisa ser debatido, observa Gustavo Correa Lima, engenheiro do CPqD.

Veja mais vídeos
Veja mais vídeos da CDTV
Veja mais artigos
Veja mais artigos

Desvende 10 mitos sobre os cartões biométricos

Por Cassio Batoni*

Como toda nova tecnologia, os questionamentos sobre a sua segurança e e a sua confiabilidade ainda existem e são compreensíveis, mas ela veio para ficar. A impressão digital surge como a confirmação principal de que o usuário é quem diz ser.


Copyright © 2005-2016 Convergência Digital ... Todos os direitos reservados ... É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site