SEGURANÇA

Sociedade Brasileira de Computação deve checar código fonte da urna

Convergência Digital* ... 14/06/2018 ... Convergência Digital

O Tribunal Superior Eleitoral vai convidar a Sociedade Brasileira de Computação para ampliar a parceria firmada por acordo de cooperação de forma que a entidade participe da verificação do código-fonte da urna eletrônica no processo eleitoral deste 2018.

Segundo o TSE, o tema foi discutido entre o secretário de Tecnologia da Informação do TSE, Giuseppe Janino, e o presidente da SBC, Lisandro Granville, para discutir de que modo os pesquisadores da entidade poderão contribuir com a fase de verificação. De acordo com o secretário, a ideia é aproveitar a parceria já firmada entre as duas instituições por meio de um acordo de cooperação já assinado em agosto de 2017. O compromisso firmado tem duração de 60 meses.

Embora o acordo não tenha previsto nenhum plano de trabalho, o diretor do TSE avalia ser importante aproveitar a oportunidade em que a legislação obriga o TSE a disponibilizar os códigos-fonte que serão utilizados nas eleições 2018. Ele lembrou que a SBC teve atuação destacada durante os Testes Públicos de Segurança realizados pelo tribunal em 2017. Todas as necessidades de ajustes e sugestões da SBC foram acatadas e implementadas pela Corte Eleitoral.

Já o presidente da SBC mostrou interesse em ampliar a parceria, destacando a necessidade de tornar a verificação dos códigos-fonte viável e atrativa. Segundo ele, isso faria com que pesquisadores contribuíssem de modo mais efetivo, inclusive a partir da publicação de resultados e da certeza de que suas contribuições seriam aproveitadas.

* Com informações do TSE


NEC - Conteúdo Patrocinado - Convergência Digital
Multibiometria: saiba como ela pode cuidar da sua segurança digital

Plataforma Super Resolution, que integra espaços físicos e digitais, será apresentada pela primeira vez no Brasil no Futurecom 2018. Um dos usuários da solução é o OCBC Bank, de Cingapura. A plataforma permite o reconhecimento instantâneo das pessoas à medida que se aproximem da agência.

BT Brasil defende clientes de mais de 125 mil ataques cibernéticos/mês

De acordo com o diretor geral da operadora no Brasil, Alex Inglês, em 12 meses, a companhia ‘defendeu’ cerca de 18 mil ataques DDoS de larga escala, alguns chegando a 650 gibabits. Complexidade tributária afasta investimentos em rede no Brasil, afirma ainda o executivo.

EUA voltam a acusar China de espionagem cibernética

Agência de Segurança Nacional alega que os chineses violam acordo para restringir esse tipo de ‘ataque’ firmado em 2015.

No Brasil, 20% das PMEs quebram após ataque hackers

Levantamento feito com 285 empresas mostra que boa parte pagou resgate para ter dados recuperados após ataque hacker. O pagamento é feito, em média, de 0,3 a 0,4 do valor de um bitcoin (R$ 9,6 mil). Entre as PMEs pesquisadas, seis de cada 10 admitiram ter sido contaminadas por malware.

Brasileiro desconfia que Lei de Proteção de Dados não vai 'pegar'

Pesquisa mostra que 58% não estão confiantes de que a legislação trará os avanços necessários para a proteção dos dados. Maioria se mostrou bastante preocupada com ataques hackers e de vírus cibernéticos.



  • Copyright © 2005-2018 Convergência Digital
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G