GOVERNO » Legislação

Lei de Informática: Governo quer preservar pesquisa, mas avalia mexer no PPB

Luís Osvaldo Grossmann ... 05/07/2018 ... Convergência Digital

A Câmara dos Deputados começou a discutir a necessidade de ajustes na Lei de Informática, enquanto o Brasil aguarda o resultado do recurso apresentado contra a decisão da OMC, que exige mudanças nos incentivos fiscais. E em meio a defesa que as empresas fizeram da importância da legislação, o governo sinalizou um razoável otimismo sobre o resultado final, ao tratar do tema em audiência da Comissão de Ciência e Tecnologia nesta quinta, 5/7. 

 “Ao mesmo tempo que nos defendemos na Organização Mundial do Comércio temos que discutir eventuais aperfeiçoamentos que podem ser necessários. Temos que fazer um Plano B para o caso de não termos sucesso. Mas as notícias são boas. Temos a impressão de que vamos conseguir sensibilizar a OMC de forma a fazer ajustes rotineiros na Lei, sem necessidade de  mudanças profundas”, afirmou o ministro de Ciência, Tecnologia, Inovação e Comunicações, Gilberto Kassab.

Gente que acompanha de perto o processo diz que esse otimismo se deve a chance de algum sucesso no recurso. Dos três ‘juízes’ já teríamos uma posição relativamente favorável aos argumentos brasileiros, uma contrária e outra indefinida. Mas se é melhor que a derrota formalizada em meados de 2017, ainda exige o que o ministro chamou de Plano B, a revisão da Lei 8.248/91.

Daí a indicação feita pelo secretário de políticas digitais do MCTIC, Thiago Camargo, de que as mudanças devem se concentrar na produção, preservando os incentivos à pesquisa. “Não vamos abrir mão do papel do governo de incentivar P&D no Brasil. Independentemente do resultado que venha da OMC, não existe impeditivo para incentivos à pesquisa e desenvolvimento. Portanto, em qualquer oportunidade de melhoria da Lei a partir das decisões da OMC o governo vai continuar garantindo benefícios para quem investe em P&D.”


Painel Telebrasil 2019
A 63ª edição do principal encontro institucional de lideranças do setor de telecomunicações e TICs acontecerá entre os dias 21 e 23 de maio de 2019, em Brasília. Saiba mais em paineltelebrasil.org.br
Veja o vídeo

Bolsonaro decide manter Comunicações no MCTIC

Em entrevista coletiva, o presidente eleito, Jair Bolsonaro, confirmou que não vai mexer na atual estrutura. O comando do MCTIC será do astronauta Marcos Pontes.

Cansado de esperar Ucrânia, Brasil extingue Alcântara Cyclone Space por MP

Tratado já tinha sido denunciado pelo Brasil em 2015, diante do fracasso da parceria. Desde então, tenta fazer uma reunião para dissolver a empresa binacional, sem sucesso.

Reforma Trabalhista reduziu número de processos trabalhistas em 17,4%

Segundo balanço de um ano da aprovação das mudanças na CLT, processos que chegaram a varas do trabalho caíram de 2 milhões para 1,6 milhão.

Bolsonaro confirma Marcos Pontes na Ciência e Tecnologia

Embora ainda não tenha definido a estrutura do MCTIC - há rumores que Comunicações irá para o ministério da Economia, presidente eleito define o nome do astronauta. Kassab, apesar de ter apoiado o novo presidente, deixa a pasta.

CGU usa aprendizado de Inteligência Artificial para fiscalizar repasses da União

Ferramenta reconhece padrões em convênios ou contratos para prever o resultado da análise de contas. objetivo é reduzir prazos e custos.Atualmente a prestação de contas supera 2,2 anos para obras e 2,8 anos para bens e serviços.



  • Copyright © 2005-2018 Convergência Digital
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G