INOVAÇÃO

Finep tem novo edital para startups

Convergência Digital* ... 06/07/2018 ... Convergência Digital

A Finep lançou o segundo edital do programa Finep Startup, que pretende alavancar empresas de base tecnológica em fase final de desenvolvimento de produto ou que precisem ganhar escala de produção, com viabilidade comercial comprovada. A financiadora aumentou o limite de recursos – de R$ 50 milhões para R$ 60 milhões – e o número de startups que poderão ser apoiadas – de 50 para 60 – em relação à primeira chamada. Desta vez, serão escolhidas até 30 empresas promissoras por rodada de investimento. O primeiro período para envio de propostas fica aberto de 3 de julho até o dia 3 de agosto.

A financiadora vai investir até R$ 1 milhão em cada uma das startups selecionadas, que ainda poderão receber no futuro um novo aporte de até R$ 1 milhão, conforme a evolução do plano de negócios. Há outra novidade em relação ao edital de 2017: a Finep vai aportar conhecimento e recursos financeiros via participação no capital de empresas com faturamento anual de até R$ 4,8 milhões – antes, o apoio se restringia a empresas com faturamento de até R$ 3,6 milhões. As startups concorrentes precisam ter protótipo MVP (Minimum Viable Product ou, em português, Produto Viável Mínimo), prova de conceito ou, preferencialmente, já estarem realizando as primeiras vendas. Ou seja: não se enquadram propostas em fase de ideia ou pesquisa.

A primeira rodada de investimento vai destinar até R$ 30 milhões para até 30 empresas, com resultado final previsto para novembro. Já a segunda rodada, nos mesmos moldes, será aberta em janeiro de 2019, com expectativa que as startups aprovadas sejam conhecidas em junho do ano que vem. Em ambas as rodadas, o processo de seleção será composto por três etapas: avaliação de plano de negócios (eliminatória e classificatória); banca avaliadora presencial (eliminatória e classificatória); e visita técnica e avaliação de documentação jurídica (eliminatória).

Serão selecionadas startups que atuam nas seguintes áreas temáticas: Agritech, Building Information Modeling (BIM), Cidades Sustentáveis, Defesa, Economia Criativa – Jogos Eletrônicos, Educação, Energia, Fintech, Healthtech, Mineração, Petróleo e Química. Também podem concorrer empresas que desenvolvam soluções nas seguintes tecnologias habilitadoras: Biotecnologia, Blockchain, Inteligência Artificial, Internet das Coisas (IoT), Manufatura Avançada, Microeletrônica, Nanotecnologia e Realidade Aumentada, Realidade Virtual e Realidade Mista.

* Com informações da Finep


Cloud Computing
Apps e banco de dados são o carro-chefe das ofertas de PaaS

Maior parte das ofertas está direcionada para computação sem servidor, Inteligência Artificial e Machine Learning, observa o Gartner. A receita total do mercado de PaaS deverá atingir US$ 20 bilhões em 2019 e ultrapassará US$ 34 bilhões em 2022.

TICs em Foco - TRANSFORMAÇÃO DIGITAL
Prever. Prevenir. Detectar e Responder

Essas são a exigência da remodelagem da gestão de riscos e da segurança organizacional nas corporações.

Ministério da Economia quer privatizar o financiamento à inovação

Além das empresas estatais de TICs como Serpro, Dataprev, Telebras e Ceitec, lista da secretaria de desestatizações , comandada por Salim Mattar, inclui a Finep, agência de fomento do MCTIC, e o próprio BNDES.

Com mais IA, biometria e big data, CNH Digital pula de 3 mil emissões/dia para 18 mil/dia

O cruzamento de dados biográficos e biométricos deu resultado e governo federal quer uma plataforma multicanal para atender a demanda de serviços digitais, revela o secretário de governo digital, Luiz Felipe Monteiro. Algoritmos também ganham destaque.

Rede GoB2B quer ser a plataforma de negócios global do Brasil

Empresa responsável pela criação da iniciativa reuniu um banco de dados com mais de 700 mil normas que permite uma companhia brasileira negociar, via rede, com qualquer outra global, sem intermediários apenas pela descrição do produto procurado, conta o dono da patente, Pierre Grossmann.

PwC: Brasil entra na segunda onda dos carros autônomos

Estudo da consultoria,publicado pelo site Autos Giros, mostra que o automóvel está deixando de ser uma propriedade para se tornar ‘apenas’ um veículo para a mobilidade. Mudança estrutural imposta pela tecnologia determina estratégias ousadas.

BNDES dobra financiamento e chega a R$ 30 milhões para projetos de Internet das Coisas

Investimentos somam R$ 88 milhões e vão viabilizar 15 projetos-piloto, tocados por 11 instituições, nas áreas de saúde, rural e cidades inteligentes.



  • Copyright © 2005-2019 Convergência Digital
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G