Home - Convergência Digital

Funcionários brasileiros burlam regras de segurança de TI por software e apps

Convergência Digital - Carreira
Ana Paula Lobo - 17/07/2018

O uso de tecnologia defasada estimula aos funcionários a burlarem os processos de segurança da Informação; não confiarem nas equipes de tecnologia e a usarem com maior frequência dispositivos próprios - não sujeitos às regras de segurança - para trabalhar, revela pesquisa sobre Transformação Digital no ambiente do trabalho, feita pela Unisys em 12 países, e que no Brasil, ouviu 1000 pessoas, em abril deste ano, e divulgada nesta terça-feira, 17/07.

Localmente, 71% dos entrevistados admitiram ter baixado aplicativos sem suporte da TI porque são “melhores do que o que a minha empresa oferecia” ou “a empresa não ofereceu uma alternativa apropriada” - a média global é de 63%. Outro dado relevante:81% dos funcionários no Brasil admitiram terem usado soluções que não seguiam os protocolos de segurança desejados. O número representa 10 pontos percentuais acima da média global (71%).

“As pessoas querem acessar as informações na hora e em tempo real. Esse é o efeito da consumerização no ambiente de trabalho. O computador do trabalho é igual ao de casa", avalia Fabio Abatepaulo, diretor de transformação digital da Unisys para América Latina. O estudo também avaliou qual tecnologia os funcionários consideram com maior potencial de impacto no mercado de trabalho nos próximos cinco anos.

No Brasil, 47% dos entrevistados apontaram a inteligência artificial, enquanto na média global, a IA foi apontada por 36% dos entrevistados. Os funcionários das organizações consideradas high Tech, ou seja, tecnologicamente adequada, mostraram maior receio de perderem seus empregos: 58% dos entrevistados no Brasil e 57% na média global.  O medo de perder o trabalho também envolve um grande desconhecimento a respeito da tecnologia. Apenas 22% dos entrevistados globalmente disseram que entendem "perfeitamente" do que trata-se a IA - enquanto 46% disseram que entendem "um pouco". "O medo do desconhecido é real e no Brasil a IA é desconhecida no ambiente do trabalho efetivo", completa Fabio Abatepaulo.

Enviar por e-mail   ...   Versão para impressão:
 

LEIA TAMBÉM:

07/08/2018
CESAR abre segunda turma para formar gestores digitais

25/07/2018
Entenda as quatro 'super-habilidades' que você precisa ter no trabalho

23/07/2018
Só 6% das empresas se consideram avançadas na Transformação Digital

23/07/2018
Celular é o principal meio de acesso à Internet nas PMEs

20/07/2018
Transformação digital: mais demanda do que serviços disponíveis na nuvem

17/07/2018
Vivo se prepara para ser uma empresa sem papel

17/07/2018
Funcionários brasileiros burlam regras de segurança de TI por software e apps

17/07/2018
Brasil está no top 3 dos negócios globais da Unisys

17/07/2018
MAN Latin America une IoT e nuvem em projeto no Brasil

28/06/2018
Indústria 4.0: No Brasil, ainda se investe pouco em big data, nuvem e Inteligência Artificial

Veja mais artigos
Veja mais artigos

Como a expatriação fortalece empresa e funcionários?

Por MarcosSantos*

O processo, que consiste em enviar profissionais para trabalhar na unidade da mesma empresa em outro país, promove uma troca de conhecimento entre a equipe da unidade estrangeira e novo colaborador, uma experiência enriquecedora de ampliação de  expertises e de uma nova atmosfera de trabalho.

Destaques
Destaques

'Jogo de cintura' não é balela. É sobrevivência

Mas toda flexibilidade exige limite. Um profissional precisa ter uma meta, um plano de carreira bem claro. A inflexibilidade também tem um custo para o profissional que se recusa a ver os novos tempos.

Funcionários brasileiros burlam regras de segurança de TI por software e apps

Justificativas para a quebra da hierarquia são variáveis, entre elas desponta 'porque os software baixados são melhores do que o que a minha empresa oferecia". No Brasil, boa parte não entende o efeito da Inteligência Artificial.

Brasileiro revela pavor de perder o emprego

Estudo da Confederação Nacional da Indústria mostra que os profissionais brasileiros nunca ficaram tão preocupados com o emprego quanto agora. Sentimento cresce entre os homens, mas são as mulheres as mais assustadas com a possibilidade de demissões.

Veja mais vídeos
Veja mais vídeos da CDTV

Copyright © 2005-2015 Convergência Digital ... Todos os direitos reservados ... É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site