TELECOM

Fundos americanos já concentram 26% da Oi

Luís Osvaldo Grossmann ... 06/08/2018 ... Convergência Digital

Mais um fundo de investimento anunciou ter ficado com participação relevante na Oi. Segundo informou a operadora à Comissão de Valores Mobiliários nesta segunda, 6/8, o fundo Solus passou a deter 9,71% do capital da companhia após a operação de troca de dívidas por ações, encerrada na semana passada.

“Depois de plenamente exercidos todos os Certificados Americanos de Depósito de Bônus de Subscrição, quando eles se tornarem exercíveis, os Fundos administrados pela Solus passarão a deter aproximadamente 9,71% do total de ações de emissão da Companhia”, diz o comunicado à CVM.

Ainda de acordo com o aviso desta segunda-feira, o fundo Solus avisou que não tem intenção de alterar a composição do controle ou a estrutura administrativa da Oi, a exemplo do que já tinham indicado os fundos York, que detém 74%, e Goldentree, cerca de 9%. Além deles, outros dois fundos devem ficar com fatias relevantes da supertele.

Já acionistas anteriores ao plano de recuperação vão no caminho inverso. O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) informou que a fatia que detinha da Oi até o fim do ano passado ficou abaixo do percentual considerado “relevante”. Até a aprovação do plano de recuperação judicial, em dezembro de 2017, o BNDES detinha cerca de 5,7% da Oi.

“A BNDESPar, em razão de não ter exercido direito de preferência para a subscrição das ações ordinárias a serem emitidas no aumento de capital, mediante capitalização de créditos quirografários dos bondholders qualificados (...), mantém a titularidade de 38.254.636 ações ordinárias da companhia, havendo ultrapassado, para baixo, o patamar de 5% de ações”, informou à CVM. Já a Pharol (ex-Portugal Telecom), teve sua participação reduzida de 22% para 7,8%.


Painel Telebrasil 2019
A 63ª edição do principal encontro institucional de lideranças do setor de telecomunicações e TICs acontecerá entre os dias 21 e 23 de maio de 2019, em Brasília. Saiba mais em paineltelebrasil.org.br
Veja o vídeo

Teles fazem cadastramento para atualizar dados de clientes do celular pré-pago

O recadastramento dos usuários junto às operadoras começará nesta quinta-feira, 18/04, pelo DDD 62, alcançando progressivamente todo o País até agosto. Quem não fizer o recadastramento terá a sua linha bloqueada enquanto o cadastro não for atualizado.

Oi faz piloto de internet das coisas rural em 450 MHz

Rede integrada de sensores e dispositivos conecta uma das fazendas da trading Amaggi, em Mato Grosso. Segundo a Oi, faixa de 450 MHz "é fundamental para IoT no campo".

Para a Anatel, prêmio de acessibilidade inaugura regulação por incentivos

“Queremos mudar a ótica, promover competição por qualidade e uma ferramenta são os rankings. Agora acessibilidade, mas teremos no ano que vem de qualidade e atendimento”, diz o presidente da agência, Leonardo de Morais. A TIM foi a primeira colocada em ações de acessibilidade.

Por 5G, Anatel quer triplicar a capacidade de espectro existente

Proposta de nova regulamentação de radioenlaces eleva de 26 GHz para 66 GHz a capacidade disponível. Contribuições serão aceitas por 60 dias. Modelo previsto pela agência prevê novas faixas entre 30 GHz e 170 GHz.




  • Copyright © 2005-2019 Convergência Digital
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G