TELECOM

Prejuízo acelera processo de venda da Nextel Brasil

Ana Paula Lobo* ... 07/08/2018 ... Convergência Digital

A NII Holdings iniciou "discussões estratégicas" sobre o futuro de sua unidade Nextel no Brasil,revelou o diretor financeiro da companhia, Daniel Freiman. O executivo não quis falar sobre valores ou interessados, mas há rumores que TIM e Telefônica/Vivo disputariam a aquisição do ativo. O processo está sendo conduzido pela Rothschild & Co.

A NII Holdings registrou um prejuízo de US$ 20 milhões (R$ 80 milhões), justificado pelo desligamento completo da rede iDEN, voltada para trunking A Nextel Brasil apresentou adição líquida de 65,7 mil assinantes 3G/4G no segundo trimestre de 2018 e churn na base de assinantes 3G/4G de 2,75%, uma redução de 78 pontos base em relação ao mesmo período do ano anterior.

No período, houve migração de 31,5 mil assinantes da rede iDEN para a rede 3G/4G, um aumento de 12,0 mil assinantes quando comparado ao mesmo período do ano anterior. A Nextel Brasil concluiu o desligamento de sua rede iDEN ao final do segundo trimestre.

"Seguimos executando bem o nosso plano e aumentamos nossa base de assinantes nesse trimestre", destaca Roberto Rittes, CEO da Nextel Brasil. “Tivemos uma adição líquida de 65,7 mil assinantes no trimestre, chegando a um aumento acumulado de 158,6 mil assinantes no ano, a maior adição líquida semestral dos últimos quatro anos. Nossa expectativa é gerar uma adição líquida de assinantes semelhante no segundo semestre do ano".

No segundo trimestre, a receita média mensal por assinante (ARPU) da Nextel Brasil foi de US$ 15, o custo por adição bruta (CPGA) foi de US$ 58 e o custo médio por usuário (CCPU) foi de US$ 13. A Nextel Brasil é o que restou para a NII Holdings na América Latina, após as vendas das operações no Peru, Chile e no México, esta última vendida para a AT&T por US$ 1,9 bilhão há três anos.

Fonte: https://www.cnbc.com/ e release da Nextel Brasil


Internet Móvel 3G 4G
Indústria de Telecom mobiliza força-tarefa para salvar 5G da guerra política

A GSMA, que representa fabricantes e operadoras de telecomunicações, propôs aos governos da Europa a realização de um regime comum de testes de seguranças de rede para evitar a exclusão de fornecedores dos processos. O medo da GSMA é que a disputa entre a Huawei e o governo dos EUA, com respingo na Europa, impacte a construção das novas redes.

Painel Telebrasil 2019
A 63ª edição do principal encontro institucional de lideranças do setor de telecomunicações e TICs acontecerá entre os dias 21 e 23 de maio de 2019, em Brasília. Saiba mais em paineltelebrasil.org.br
Veja o vídeo

Teles vão ao STF contra lei que obriga atendimento em 15 minutos

Nova ação direta de inconstitucionalidade argumenta competência federal sobre telecom para questionar a lei aprovada em São Paulo que dispõe sobre o tempo de espera nas lojas das operadoras.

EUA vai banir Huawei e sugere cortar parcerias com quem não imitar

Em visita ao leste europeu, o secretário de Estado americano, Mike Pompeo, diz que o uso de equipamentos de telecomunicações chineses “dificultam parcerias”.

Teles questionam no STF leis sobre cobrança e desbloqueio de celular

Em duas ADIs, empresas reclamam que leis do Rio de Janeiro invadiram a competência federal para tratar de telecomunicações.

Anatel reserva parte da faixa de 1,9 GHz da Claro para conexões via satélite

Ao analisar prorrogação do uso para telefonia fixa, agência reduziu prazo a cinco anos com vistas a mudar a destinação para o serviço móvel global por satélite.




  • Copyright © 2005-2019 Convergência Digital
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G