Convergência Digital - Home

Serpro avalia oferta de blockchain como serviço

Convergência Digital
Por Roberta Prescott* - 10/08/2018

Registro de autenticidade, contratos inteligentes, certificação de documentos, autenticação de identidades. Essas são alugmas das diversas aplicações de blockchain em avaliação pelo mercado. No Brasil, órgãos públicos estão analisando e testando a tecnologia para entender em que casos faz sentido implantá-la. O Serpro, por exemplo, conduz um projeto piloto para que usar blockchain no aplicativo para fazer investimentos no Tesouro Direto.

Conforme explicou Ulysses Machado, integrante da Coordenação Estratégica de Gestão de Segurança dos Ativos da Informação (Cegsi) do Serpro. durante o seminário "Blockchain: seu uso na gestão pública, na governança digital, no desenvolvimento econômico, como nova economia digital, suas aplicações, vantagens e riscos", que ocorreu, nesta quinta-feira 9/8, em São Paulo. A ideia é que o app permita ao cidadão fazer cadastro de forma direta e única. "É uma experiência branda que não propõe a eliminação do intermediário".

A estatal também estuda uso de blockchain para a realização de negócios entre pessoas físicas e está desenvolvendo, com a colaboração do Banco do Brasil, uma solução para diminuir a burocracia na aquisição de ativos de TI. Todos os produtos ainda estão incipientes, mas entraram no radar como soluções possíveis de uso. Outra aplicação, segundo Machado, é o Serpro oferecer blockchain somo serviço, ou seja, construir casos de uso para terceiros que contratem o órgão para o desenvolvimento de uma solução. O Serpro usa a plataforma Hyperledger Fabric por ser aberta, pública e com arquitetura modular. 

Já o governo do Estado de São Paulo planeja usar blockchain na plataforma para aprovação de financiamentos de projetos com parceria público-privada (PPP) para iluminação pública dos municípios. Sem entrar em detalhes, Ricardo Carrion Barbosa Alves, assessor na unidade de inovação da Subsecretaria de Parcerias e Inovação da Secretaria de Governo do Estado de São Paulo, disse que o blockchain seria usado na estrutura de contratação das empresas privadas no projeto IluminaSP, na qual o Estado fornece a plataforma para os municípios efetuarem as PPPs.

 


Destaques
Destaques

Computação em nuvem protagoniza investimentos no Brasil

Crescimento anual das ofertas de cloud é estimado em 26% até 2022. Já os aportes em em Inteligência Artificial vão crescer 29% nos próximos quatro anos.

Embratel: Ao definir preferência pela nuvem, governo agiliza jornada digital

Definição nas compras governamentais por cloud first transforma a contratação de serviço, pontua o gerente executivo de vendas de TI da Embratel, Odélio Horta Filho. Compras governamentais e o uso das novas tecnologias como IA, Machine Learning e IoT serão tema de debate no Brasscom TecFórum, em Brasília.



Veja mais vídeos
Veja mais vídeos da CDTV

Veja mais artigos
Veja mais artigos

Edge Computing para acelerar os negócios das empresas brasileiras

Por Henrique Cecci*

O que é, afinal, Edge Computing? Trata-se da aplicação de soluções que facilitam o processamento de dados diretamente na fonte de geração de dados. No contexto da Internet das Coisas (IoT), por exemplo, as fontes de geração de dados geralmente são "coisas" com sensores ou dispositivos incorporados.

Intuição versus análise de dados na gestão

Por Douglas Scheibler*

O poder decisório significa alta responsabilidade e inúmeros riscos. Neste cenário caótico, analisar dados é indispensável e é o que justifica uma determinada medida ser considerada como correta, em um cenário específico, em detrimento de outras.


Copyright © 2005-2016 Convergência Digital ... Todos os direitos reservados ... É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site