INCLUSÃO DIGITAL

TV Digital: Apagão analógico é adiado em Rio Branco, Campo Grande e Boa Vista

Luís Osvaldo Grossmann ... 13/08/2018 ... Convergência Digital

O grupo de implementação da TV Digital decidiu adiar para 31/10 o prazo de desligamento dos sinais analógicos de televisão em Rio Branco-AC, Campo Grande-MS e Boa Vista-RR. Nessa regiões, embora por pouco, não foram atingidos os 90% de domicílios prontos a receber somente os sinais digitais. Já em Macapá-AP, Porto Velho-RO, Palmas-TO e Cuiabá-MT, o ‘apagão’ será à meia-noite de terça, 14/8.

Conforme o mais recente levantamento do Ibope, em Campo Grande e Rio Branco o percentual de lares preparados até 10 de agosto estava em 89%, enquanto em Boa Vista era 87%. Por isso, o grupo que reúne governo, Anatel, emissoras de TV e operadoras móveis entendeu mais prudente empurrar o ‘apagão’ analógico para depois das eleições.

Nas regiões das demais capitais, os percentuais encontrados bateram nos 91% (com exceção de Cuiabá, com 90%) e por isso o cronograma foi mantido. Ou seja, a partir de quarta-feira só conseguirá assistir televisão quem tiver aparelhos capazes de receber somente sinais digitais, diretamente ou pelo uso de conversores.

Em Mato Grosso, além da capital haverá desligamento nas regiões de Acorizal, Jangada, Nossa Senhora do Livramento, Santo Antônio do Leverger e Várzea Grande. No  Amapá,  além de Macapá atinge Mazagão e Santana. Em Tocantins, Palmas, Barrolândia e Porto Nacional. E em Rondônia, Porto Velho e Candeias do Jamar.

De forma semelhante, o desligamento analógico no Acre atingirá a capital Rio Branco, mas também Bujari e Senador Guiomard. No estado de Roraima, além de Boa Vista o apagão atinge Cantá. E no  Mato Grosso do Sul, envolve Campo e a região de Terenos.


TICs em Foco - TRANSFORMAÇÃO DIGITAL
Prever. Prevenir. Detectar e Responder

Essas são a exigência da remodelagem da gestão de riscos e da segurança organizacional nas corporações.

Viasat: TCU controla viabilidade de acordo com Telebras

Segundo a vice presidente da empresa, Lisa Scapone, a demanda existe e pode ser medida pelo Gesac, mas operação comercial no Brasil depende dos ajustes no contrato para uso do satélite nacional.

PC fica cada vez mais distante da população mais pobre no Brasil

Dados do IBGE revelam que os mais pobres do País trocaram os PCs pelos celulares e tablets. A proporção da população com acesso à internet no domicílio passou de 67,9% em 2016 para 74,8% em 2017.

Parceira da Telebras amplia WiFi via satélite no México para áreas urbanas

Dois anos depois de começar a explorar banda larga satelital em áreas remotas do país, como promete fazer no Brasil, a empresa americana Viasat anuncia conexões de 100 Mbps e preços para competir com internet fixa.

Para TCU, políticas desconexas desperdiçam dinheiro com inclusão digital

Ao citar a política de Banda Larga, Tribunal observa que a falta de coordenação gera redundância, falta de isonomia e obstáculos à oferta de serviços.

CPFL: É preciso predisposição para se ter um consenso no uso dos postes

"Não é fácil, mas é preciso existir um alinhamento. Estão todos do mesmo lado", diz o diretor da CPFL, André Luiz Gomes.

Swap de fibras é mandatório para levar banda larga em regiões desassistidas

Compartilhamento de infraestrutura é essencial para reduzir custos e definir modelos de negócios nas cidades onde as teles não investiram, observa o CEO da UmTelecom, Rui Gomes.



  • Copyright © 2005-2018 Convergência Digital
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G