Home - Convergência Digital

Anatel prevê blocos de 10 MHz no uso da faixa de 2,3 GHz para 5G

Convergência Digital - Carreira
Luís Osvaldo Grossmann - 16/08/2018

A Anatel começou nesta quinta, 16/8, a receber contribuições na consulta pública da proposta de destinar a faixa de 2,3 GHz para aplicações de 5G. O objetivo já adiantado pela agência é incluir essa fatia do espectro em leilão já em 2019, no qual pode ainda ser incluída também a faixa de 3,5 GHz.

Pela proposta, a faixa pode ser usada para telefonia móvel (SMO) e fixa (STFC), banda larga (SCM) e, novidade, também para o Serviço Limitado Privado. É importante frisar, porém, que a destinação é para uso em TDD (duplexação por divisão de tempo), conforme harmonização internacional. Além disso, o texto prevê a divisão dos 100 MHz entre 2,3 e 2,4 GHz em 10 blocos de 10 MHz.

De acordo com o relatório sobre esta radiofrequência, dois terços das estações licenciadas em 2,3 GHz são repetidoras de TV ou serviços auxiliares de radiodifusão, como links de rádio para transmissões de reportagens externas, e 32% para banda larga fixa. No fim de 2017, a Anatel já tinha decidido ‘limpar’ essa fatia do espectro, deslocando os serviços de TV para blocos entre 2 e 2,3 GHz, o que deve ser concluído até 2019.

As contribuições à Consulta Pública serão aceitas por 30 dias e devem ser encaminhadas por meio do formulário eletrônico do Sistema Interativo de Acompanhamento de Consulta Pública da Anatel. Também serão aceitas as manifestações encaminhadas por carta, fax ou correspondência eletrônica endereçados à agência.

Enviar por e-mail   ...   Versão para impressão:
 

LEIA TAMBÉM:

09/01/2019
Anatel escala UnB em busca modelo de regulação por incentivos

07/01/2019
Para americanos, 5G vai mudar a geração de empregos, a vida pessoal e os negócios

07/01/2019
Anatel impõe ofertas obrigatórias de conexão em apenas seis PTTs

07/01/2019
Anatel amplia o cerco aos celulares piratas

28/12/2018
Vicente Aquino é empossado como conselheiro da Anatel

28/12/2018
Huawei, apesar da pressão dos EUA, fechou 26 contratos de 5G

20/12/2018
Revisão do modelo de telecom é prioridade da Anatel

20/12/2018
Um terço das casas no Brasil usam antenas parabólicas

19/12/2018
Anatel aprova PGMU 5, mas tenta superar impasse com as teles

18/12/2018
Senado faz aprovação relâmpago e Vicente Aquino é novo conselheiro da Anatel

Destaques
Destaques

Projeto de inovação usa 4G em 450 Mhz para Internet das Coisas

Seis startups foram selecionadas para iniciativa Agro IoT Lab 2018, voltada para a transformação digital do agronegócio, da Vivo, Raízen e Ericsson.

5G exige pelo menos 100 MHz para cada operadora no Brasil

O tema preocupa a coordenação de espectro do 5G Brasil, uma vez que foram destinados 300 MHz na faixa intermediária e há quatro operadoras nacionais.

Veja mais vídeos
Veja mais vídeos da CDTV
Veja mais artigos
Veja mais artigos

Desvende 10 mitos sobre os cartões biométricos

Por Cassio Batoni*

Como toda nova tecnologia, os questionamentos sobre a sua segurança e e a sua confiabilidade ainda existem e são compreensíveis, mas ela veio para ficar. A impressão digital surge como a confirmação principal de que o usuário é quem diz ser.


Copyright © 2005-2016 Convergência Digital ... Todos os direitos reservados ... É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site