Home - Convergência Digital

Brasil puxa a estratégia de redução de pré-pagos na América Latina

Convergência Digital - Carreira
Convergência Digital - 17/08/2018

A América Latina é uma das regiões no planeta com maior proporção de telefones celulares pré pagos, mas há um claro movimento de mudança no mercado e o Brasil puxa a redução da participação deles no total dos aparelhos em serviço.

Segundo projeções divulgadas nesta sexta-feira, 17/8, pela consultoria GlobalData, nos próximos cinco anos, até 2023, a proporção de pré pagos no universo de celulares em uso na América Latina deverá cair 10 pontos percentuais, dos atuais 72% para 62% do total.

“As operadoras na região estão pressionando os usuários a migrarem para planos pós pagos, de olho em ARPUs maiores e portanto em maiores receitas. E para isso estão oferecendo pacotes atraentes, planos de zero rating e descontos agressivos em smartphones associados a planos pós pagos”, afirma o gerente de pesquisas da consultoria, Marcelo Kawanami.

No Brasil esse movimento é ainda mais evidente, uma vez que a proporção de pré-pagos está em 60% dos celulares ativos, bem abaixo da média na região – ou seja, mais de 93 milhões dos 235 milhões de celulares no país já estão associados a planos pós pagos.

A Vivo, maior operadora móvel no Brasil em participação de mercado, é a primeira a ter mais clientes pós do que pré-pagos em sua base, conforme demonstram os números de junho deste 2018. A base pós paga da empresa cresceu 10,8% nos 12 meses entre o segundo trimestre de 2017 e 2018, enquanto os pré-pagos reduziram em 7,1%.



Enviar por e-mail   ...   Versão para impressão:
 

LEIA TAMBÉM:

17/04/2019
Teles fazem cadastramento para atualizar dados de clientes do celular pré-pago

09/04/2019
Usuários esticam uso dos smartphones e mercado recua 0,5% puxado pelos top de linha

18/02/2019
Publicidade no celular vai girar R$ 240 bilhões em 2020

13/02/2019
Teles trocam toda a base de pré-pagos a cada dois anos

08/02/2019
Em quatro anos, telefonia celular no Brasil perdeu um em cada cinco chips

30/01/2019
Programadores reforçam algoritmo nacional criado para ajudar vítimas de Brumadinho

28/01/2019
Quase 200 programadores criam algoritmo para localizar vítimas de Brumadinho

28/01/2019
Teles unem equipes e montam esquema de emergência para atender Brumadinho

09/01/2019
Cobertura é prioridade 1 na escolha da operadora móvel

14/12/2018
Clonagem de celular preocupa Anatel e operadoras

Destaques
Destaques

Ecossistema de IoT movimentará R$ 38 bilhões

Projeção do mercado é que o segmento vai crescer acima de 20% ano contra ano até 2022. Dispositivos, em especial os smartphones, impulsionam o crescimento dos investimentos em TI ao longo de 2019.

Para Ericsson, 5G vai fazer acontecer, de verdade, a indústria 4.0

Presidente da fabricante para a América do Sul, Eduardo Ricotta, diz que uma operadora com 50 Mhz a 80 Mhz terá espectro para oferecer bons serviços, especialmente, o da banda larga fixa móvel. "Há cidades no Brasil, com menos de 100 mil habitantes, com conexões de 2 Mbits. O 5G vai chegar oferecendo bem mais", observa.

Veja mais vídeos
Veja mais vídeos da CDTV
Veja mais artigos
Veja mais artigos

Smartphones colocam Inteligência Artificial na palma da mão

Por Samir Vani*

Tecnologias como reconhecimento facial, identificação de objetos e realidade aumentada já estão disponíveis na palma das nossas mãos, mas boa parte das pessoas não sabe ainda.


Copyright © 2005-2019 Convergência Digital ... Todos os direitos reservados ... É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site