GOVERNO » Legislação

STF começa a julgar cobrança de ICMS sobre software

Convergência Digital ... 21/08/2018 ... Convergência Digital

O Supremo Tribunal Federal começa nesta quarta, 22/8, a julgar ações contra legislações estaduais que preveem cobrança de ICMS sobre software. Uma delas está na pauta, mas as empresas do setor torcem para que o STF enfrente a questão discutida também em outros processos. O mercado argumenta que o resultado prático é a bitributação, uma vez que a Lei Complementar 116/04 já permite aos municípios cobrarem ISS.

A primeira ação pautada pela presidente do STF, Cármen Lúcia, é a ação direta de inconstitucionalidade (ADI) 1945, movida ainda em 1998 contra uma lei estadual do Mato Grosso que no ano anterior havia autorizado a cobrança do ICMS na compra de programas para download.

Na prática, os estados se aproveitaram de uma brecha sobre a cobrança tributária quando os software não são vendidos com suporte de mídia física. Não por menos, outras duas ADIs atacam a mesma questão, especialmente depois que o estado de São Paulo passou a prever também a cobrança do imposto estadual quando o programa é transferido pela internet.

Além dessas, há uma ação da Associação Brasileira das Empresas de Tecnologia da Informação e Comunicação, Brasscom, que questiona o Convênio Confaz 106, de 2017, que autorizou os estados a cobrar ICMS nas operações com bens e mercadorias digitais, comercializadas por transferência eletrônica.


Painel Telebrasil 2019
A 63ª edição do principal encontro institucional de lideranças do setor de telecomunicações e TICs acontecerá entre os dias 21 e 23 de maio de 2019, em Brasília. Saiba mais em paineltelebrasil.org.br
Veja o vídeo

Félix Mendonça Junior (PDT-BA) é o novo presidente da CCT da Câmara

Parlamentar que dar atenção especial  para a discussão da chegada do 5G no Brasil e também nas novas tecnologias, entre elas, o reconhecimento facial.

Dataprev registra aumento de 10% no lucro e alcança R$ 151 milhões em 2018

Segundo relatório da administração, receitas cresceram 2,9%, enquanto os custos subiram 2%. Investimentos chegaram a R$ 182 milhões. Maior parte dos recursos foi gasto em segurança da Informação e nas licenças Oracle. Governo deve quase R$ 400 mil reais à estatal.

Ex-VP de TI da Vivo assume comando da Dataprev

Christiane Edington, que ficou oito anos à frente da área de tecnologia da operadora, tomou posse na quinta, 28/2, durante reunião do conselho de administração da estatal.

Telebras vai agir para ser lucrativa e não ser vendida no Governo Bolsonaro

“Queremos implantar parcerias e empreender novos ritmos, com metas atingíveis e consolidar o nome da Telebra”, afirmou o novo presidente da estatal, Waldemar Ortunho Junior, em primeiro encontro com funcionários. Ministro Marcos Pontes participou da reunião.

Servidores da Dataprev fazem abaixo-assinado contra privatização

Documento digital defende que estatal dá lucro há mais de uma década e controla dados previdenciários de 35 milhões de brasileiros.



  • Copyright © 2005-2019 Convergência Digital
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G