Convergência Digital - Home

Cloud acirra disputa entre Dell e HPE no mercado de servidores

Convergência Digital
Convergência Digital* - 10/09/2018

Cloud computing chegou para ficar e incentiva a venda de infraestrutura de TI. Um dos mercados em alta é o de servidores que continua a apresentar uma demanda histórica, com o segundo trimestre marcando o quarto trimestre consecutivo de crescimento de receita de dois dígitos e a maior receita total de todos os tempos. A receita de fornecedores no mercado de servidores em todo o mundo aumentou 43,7% em relação ao ano anterior somando US$ 22,5 bilhões no segundo trimestre de 2018. Os embarques mundiais de servidores aumentaram 20,5% ano a ano movimentando US$ 2,9 milhões de unidades no período.

A receita de servidores de volume aumentou 42,7% para US$ 18,4 bilhões, enquanto a receita de servidores de médio porte saltou 63%, somando US$ 2,5 bilhões. Os sistemas high-end cresceram 30,4% para US$ 1,7 bilhão. “O mercado mundial de servidores cresce em um ciclo de atualização corporativa em todo o mercado e à crescente demanda de provedores de serviços em nuvem”, disse Sanjay Medvitz, analista sênior de pesquisa de Servidores e Armazenamento da IDC.

De acordo com o especialista da IDC, as empresas reforçam suas infraestruturas para suportar aplicativos da próxima geração e obter benefícios semelhantes aos da nuvem. No ranking mundial, a Dell alcançou a primeira posição no mercado mundial de servidores pela primeira vez no segundo trimestre de 2018, com 18,8% de participação nas receitas e 52,9% de crescimento. A Dell também liderou o mercado mundial de servidores em remessas unitárias, respondendo por 19,5% de todas as unidades vendidas durante o período.

A HPE foi o segundo maior fornecedor, com 16,6% da receita total, crescendo 11,7%. A IBM e a Lenovo ficaram estatisticamente empatadas na terceira posição no mercado, com respectivas participações de 7,3% e 6,9%. A Inspur, a Cisco e a Huawei fecharam as cinco primeiras posições, todas estatisticamente empatadas com 4,8%, 4,8% e 4,3% nas respectivas receitas.

A região Ásia/Pacífico (excluindo o Japão) foi a de maior crescimento no segundo trimestre de 2018, com crescimento de receita de 55,0% ano a ano. Os Estados Unidos cresceram 48,1%, a América Latina saltou 47,4%. Europa, Oriente Médio e África (EMEA) 28,9%. O Canadá cresceu 19,9% e o Japão, 16,5%. A China 69,7%. Ainda de acordo com a IDC, a demanda por servidores x86 aumentou 44,1% no período avaliado, com receita de US$ 20,5 bilhões. Os servidores não-x86 saltaram 39,8% ano a ano, para US$ 2,1 bilhões.

Facebook Twitter Google+ LinkedIn Email Addthis

LEIA TAMBÉM:

Bradesco, Dataprev e Equinix são destaque em datacenter no Brasil
Organizações foram as vitoriosas da edição 2017 do DCD Awards da América Latina. Conheça os destaques da região no segmento de datacenters.

Destaques
Destaques

Vivo já têm seis data centers virtualizados no Brasil

"Todo núcleo de voz já está virtualizado, como o de dados também", informa o diretor de planejamento e de redes da Vivo, Átila Branco.

Google mantém Brasil fora da estratégia de data center na América Latina

Companhia está investindo US$ 140 milhões para triplicar o tamanho do data center no Chile, com a geração de 1200 empregos diretos e indiretos. No Brasil, o regime especial para datacenters não sai do papel, como todas as ações de políticas públicas para TICs.



Veja mais vídeos
Veja mais vídeos da CDTV

Veja mais artigos
Veja mais artigos

Dos ambientes offline à estratégia MultiCloud

Por Fabio Gordon*

É preciso reconhecer a necessidade de mudança, entender que o seu data center de 20 anos não vai mais suportar os negócios digitais. É imprescindível fazer um diagnóstico do seu ambiente de TI e começar a mudar. E rápido, porque é provável que os seus competidores já estejam fazendo isso.

Nuvem é o agora e o futuro da competitividade

Por Artur Hansen*

Em cloud, todo investimento é hermético, organizado de acordo com as justas necessidades de cada empresa.


Copyright © 2005-2016 Convergência Digital ... Todos os direitos reservados ... É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site