INOVAÇÃO

Cultura promete R$ 100 milhões e política de incentivo a jogos eletrônicos

Convergência Digital* ... 10/09/2018 ... Convergência Digital

Ao participar da Game XP 2018, realizado entre 6 e 9/9 no Rio de Janeiro, o ministro da Cultura Sérgio Sá Leitão voltou a prometer uma política pública voltada à indústria de jogos eletrônicos no Brasil, com recursos previstos em R$ 100 milhões para o setor.

“Entre 2012 e 2016, o crescimento médio anual do setor de games foi de 28,7% e a estimativa é de que continue crescendo 16,5% ao ano até o ano de 2021. O mercado de games é o 13º do mundo, o maior da América Latina e deve dobrar em receita até 2021”, festejou o ministro ao participar do evento no domingo, 9/9.

Essa posição, no entanto, está distante do país como consumidor de jogos. Segundo o censo apresentado na Games XP, o Brasil é o quarto maior mercado consumidor de jogos eletrônicos no mundo, com cerca de 66,3 milhões de ‘gamers’.

O levantamento apresentado pelo Minc aponta que a área de desenvolvimento de jogos no Brasil tem apresentado crescimento nos últimos anos, saltando de 50 empresas em 2012, para 240 em 2017, ano em que a receita do setor chegou a US$ 1,3 bilhão.

Segundo o ministro, R$ 100 milhões serão investidos no desenvolvimento e produção de jogos, além de conteúdos em realidade virtual e realidade aumentada, lançamento de jogos, aceleração de empresas, bem como mostras e festivais, infraestrutura e tecnologia, e formação e capacitação.

* Com informações do MinC


TICs em Foco - TRANSFORMAÇÃO DIGITAL
Prever. Prevenir. Detectar e Responder

Essas são a exigência da remodelagem da gestão de riscos e da segurança organizacional nas corporações.

Fintechs incubadas pelo BC já encontram negócios no sistema financeiro

Projetos selecionados pelo Laboratório de Inovações Financeiras e Tecnológicas já estão em uso em instituições como Bradesco e há negociações com outras instituições.

FICO leva IA e machine learning para além da indústria financeira

Verticais como varejo, manufatura e telecomunicações já são usuárias da solução,revela o vice-presidente e diretor-geral da FICO para América Latina e Caribe, Alexandre Graff.

Seguradora HDI trabalha legado para pavimentar transformação digital

Seguradora instituiu um plano de jornada, com quatro anos de duração, para se adaptar à uma nova era digital, afirma a CIO da HDI, Denise Ciavatta.

Brasil fica longe da Inovação e acumula mais de 225 mil pedidos de patentes

Estudo produzido pela Associação Brasileira de Propriedade Intelectual (ABPI) adverte que o País só despenca no ranking global de inovação e, neste momento, ocupa a última posição. Governo e empresas privadas investem pouco e não assumem os riscos inerentes à Inovação.

Ministério da Economia quer privatizar o financiamento à inovação

Além das empresas estatais de TICs como Serpro, Dataprev, Telebras e Ceitec, lista da secretaria de desestatizações , comandada por Salim Mattar, inclui a Finep, agência de fomento do MCTIC, e o próprio BNDES.



  • Copyright © 2005-2019 Convergência Digital
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G