Home - Convergência Digital

Realidade Virtual para arquitetos e designers chega com exclusividade em Brasília

Convergência Digital - Carreira
Convergência Digital* - 12/09/2018

O mercado global de realidade virtual (VR, a sigla em inglês) deverá alcançar em 2022, US$ 26, 89 bilhões, de acordo com a Zion Market Research, o que representará um crescimento de 54% frente às vendas globais de US$ 2 bilhões em 2016. Se os games foram os primeiros a adotar essa tecnologia, a realidade virtual passa a ser incorporada por empresas dos mais diferenciados ramos, como marketing, saúde, educação.

E acaba de nascer em Brasília uma empresa que aposta nesta plataforma, com a adoção da realidade imersiva além da digital, para o mercado de arquitetura, design e paisagismo. Segundo Diego Aquino, CEO da Arqtect, realidade virtual imersiva é diferente da VR porque, com ela, o usuário tem o controle de onde está e para onde vai com seu avatar, ao contrário da realidade virtual do Google Maps, por exemplo. " Quem vai para os lugares é o usuário que está no comando, e não quem fez o projeto do software", explica ele.

Se o Brasil é atualmente o quarto maior mercado consumidor de games – segundo o Ministério da Cultura, são mais de 66 milhões de gamers – a Capital do país é uma grande referência em arquitetura (Patrimônio Mundial) e, conforme pesquisa realizada pela empresa, conta com mais de quatro mil profissionais de arquitetura e design. "Por isso, decidimos trazer essa nova tecnologia para Brasília", explica Aquino, não sem antes assinalar que nasceu e cresceu na cidade, formando-se em arquitetura nos Estados Unidos.

Na Arqtect, foi criado um espaço para que os profissionais e seus clientes não apenas "entrem" nos projetos arquitetônicos virtuais, mas também possam, depois da experiência, compartilhar suas impressões. " É quase um espaço para co-working, que ficará disponível para aqueles que se associarem", explica Aquino. Além da viagem na realidade virtual imersiva, a empresa oferece aos parceiros imagens renderizadas, imagens panorâmicas em 360º e gravações em full HD dos passeios virtuais realizados. A empresa importou também poderosos computadores portáteis, que podem ser transportados para qualquer cidade brasileira, para atender aos projetos de seus parceiros. Maiores informações podem ser obtidas em: www.arqtect.com.br @arqtect_vr no instagram

Enviar por e-mail   ...   Versão para impressão:
 

LEIA TAMBÉM:

17/04/2019
Ministério da Economia seleciona 105 startups para aceleração

16/04/2019
Brechas legais para reconhecimento facial exigem autoridade de dados forte

10/04/2019
Brasil puxa crescimento de 21% no uso de robôs na América Latina

09/04/2019
Governo prepara marco legal para fomento às startups

08/04/2019
Softex tem R$ 18 milhões para projetos em IoT, saúde, energia e mobilidade

27/03/2019
Câmara cria subcomissões sobre cibersegurança, biometria e inovação

22/02/2019
Daimler e BMW investem US$ 1 bi para competir com a UBER

19/02/2019
Brasil fica longe da Inovação e acumula mais de 225 mil pedidos de patentes

15/02/2019
Porto Digital abre chamada para programa de apoio a negócios inovadores

14/02/2019
Ministério da Economia quer privatizar o financiamento à inovação

Veja mais artigos
Veja mais artigos

O futuro do trabalho colocado à prova

Por Luiz Camargo*

Novas profissões exigem também novas habilidades para acompanhar a revolução digital. Os novos empregos certamente irão demandar habilidades analíticas, matemáticas e digitais, com um toque de neurociência.

Destaques
Destaques

STF anula decisão do TST e reforça valor legal da terceirização

Decisão aconteceu em uma ação de uma atendente contratada pela Contax, prestadora de serviços de call center, para atuar como terceirizada na Telemar Norte Leste.

Mais de 60% dos brasileiros estão infelizes, mas têm medo de mudar de emprego

Estudo da Brands2Life, com o LinkedIn, traz um dado assustador: 80% dos brasileiros não se candidata para a vaga de trabalho que gostaria. Cerca de um terço dos profissionais deixa de se candidatar a uma nova vaga por falta de confiança na sua própria capacidade.

Serviços de TI e de Telecom podem ser 100% terceirizados no Governo Federal

Também foi incluída na lista divulgada pelo governo Federal o serviço de teleatendimento. Decisão está publicada na portaria 443/2018.

Veja mais vídeos
Veja mais vídeos da CDTV

Copyright © 2005-2015 Convergência Digital ... Todos os direitos reservados ... É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site