SEGURANÇA

Justiça do Rio manda prender 45 pessoas por golpes online de R$ 30 milhões

Convergência Digital* ... 17/09/2018 ... Convergência Digital

O Ministério Público do Rio de Janeiro apresentou à Justiça pedidos de prisão contra 45 integrantes de organização criminosa com atuação nacional, pela prática de fraudes online, especialmente via ‘phishing’ por email ou SMS, em denúncia que envolve ao todo 237 acusados, espalhados por Rio, São Paulo, Paraná, Minas Gerais, Santa Catarina e Bahia.

Segundo o MPRJ, as denúncias correspondem à segunda fase da chamada operação Open Doors, deflagrada em agosto de 2017 contra ‘cabeças’, ‘aliciadores’ e ‘laranjas’ do esquema. “Nesta nova etapa, são acusados os ‘cérebros’ da organização, aqueles que têm o domínio sobre o cometimento dos crimes – os chamados ‘hackers’, além de pessoas relacionadas à lavagem de dinheiro e outras funções operacionais. A estimativa do MPRJ é de que, entre 2016 a 2017, mais de R$ 30 milhões tenham sido subtraídos pelo grupo.”

Como explica a denúncia “os agentes criminosos enviam spams  de e-mail e SMS, aleatoriamente, para milhares de pessoas físicas (...) alertando sobre a necessidade de atualização de segurança da conta, com a indicação de link de acesso. Ao clicar nesses link’s, a vítima era então direcionada a websites phishing, com programas maliciosos que capturam informações de contas e senhas, abrindo caminho para a retirada de quantias das contas, de forma fraudulenta”.

De acordo com o MPRJ, os golpistas também ligavam para as potenciais vítimas, se fazendo passar por funcionário de instituição bancária, para obter dados pessoais, tendo sucesso em fraudes que chegaram a R$ 500 mil. “No passo seguinte, o golpe tinha continuidade, conseguindo o agente criminoso ludibriar, inclusive, funcionários do setor financeiro de grandes corporações”, diz o MPRJ.

* Com informações do MPRJ



NEC - Conteúdo Patrocinado - Convergência Digital
Multibiometria: saiba como ela pode cuidar da sua segurança digital

Plataforma Super Resolution, que integra espaços físicos e digitais, será apresentada pela primeira vez no Brasil no Futurecom 2018. Um dos usuários da solução é o OCBC Bank, de Cingapura. A plataforma permite o reconhecimento instantâneo das pessoas à medida que se aproximem da agência.

Custo médio de uma violação de dados é de R$ 5,4 milhões no Brasil

Empresas brasileiras levam em, média, 250 dias para identificar a violação dos dados. De acordo com o diretor de Cibersecurity da IBM, João Rocha, as organizações enfrentaram a perda ou o roubo de mais de 11,7 bilhões de registros nos últimos três anos. Ataques maliciosos custam mais do que as violações por falhas humanas.

Em maio, Brasil teve mais de 140 milhões de ameaças disseminadas por e-mail

País fica no top 3 do ranking mundial, perdendo apenas para os Estados Unidos e a China, revela estudo feito pela Trend Micro.

Duas em cada três empresas querem Inteligência Artificial para evitar ataques hackers

Quase 70% das corporações admitem que não serão capazes de responder aos ataques cibernéticos sem o uso da IA. O levantamento global da Capgemini revela ainda que uma em cada cinco empresas admitem o impacto dos hackers e um prejuízo significativo nos negócios.

Ransomware Sodin ataca vulnerabilidade desconhecida do Windows

Ransomware adota uma técnica chamada de 'Heaven's Gate', que permite um programa mal-intencionado executar código de 64 bits de um processo em execução de 32 bits, o que não é uma prática comum e mais incomum em ransomware, alerta a Kaspersky.



  • Copyright © 2005-2019 Convergência Digital
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G