Home - Convergência Digital

FCC, dos EUA, impõe ‘Lei das Antenas’ para acelerar redes 5G

Convergência Digital - Carreira
Luís Osvaldo Grossmann - 27/09/2018

A Federal Communications Commission, a agência reguladora de telecomunicações dos Estados Unidos, aprovou uma regra nacional para reduzir o prazo de licenciamento de estações, especificamente as conhecidas como ‘small cells’, com vistas expressas a acelerar a implantação de infraestrutura para o 5G.

“Alguns governos locais não gostam dessa norma. Eles prefeririam continuar extraindo o máximo de dinheiro possível em taxas do setor privado e forçando as empresas a navegarem um labirinto regulatório para conseguirem implantar infraestrutura sem fio”, disparou o presidente da FCC, Ajit Pai, quando da aprovação do novo regulamento na quarta, 26/9.

As regras adotam prazos máximos de 60 dias para a instalação de small cells quando já existir estrutura anterior, ou de 90 dias no caso de a instalação envolver novas torres. E preveem limites às taxas cobradas, ao determinar que elas devem ser próximas aos custos associados aos trâmites burocráticos – a FCC avisou que vai apresentar o que entende como valores razoáveis.

Segundo a CTIA, a associação empresarial americana que representa as operadoras móveis dos EUA, “a instalação de uma small cell leva apenas uma hora, mas demora mais de um ano para obter a aprovação para fazer a implantação”.

A queixa e as regras lembram muito o que no Brasil foi aprovada em 2015 e batizada de ‘Lei das Antenas’, que prevê um prazo máximo de 60 dias para que os municípios expeçam o licenciamento de infraestrutura. Por aqui, no entanto, foi vetado o artigo que previa a autorização automática caso ultrapassado esse prazo. E como resultado, sem ‘dentes’, a lei surtiu pouco efeito prático. Tanto que há uma mobilização por uma força-tarefa do governo, Anatel e iniciativa privada para convencer às prefeituras a adotarem a legislação.

Enviar por e-mail   ...   Versão para impressão:
 

LEIA TAMBÉM:

18/04/2019
Carros conectados: Comissão Europeia impõe derrota ao 5G e elege o Wi-fi como tecnologia padrão

17/04/2019
FCC barra China Mobile de atuar nos Estados Unidos

15/04/2019
EUA planejam fazer oferta inédita de espectro em novo leilão 5G

15/04/2019
Bélgica não vê motivo para não usar Huawei no 5G

11/04/2019
Samsung usa a Coreia para mandar recado às rivais no 5G

10/04/2019
Japão aloca faixas para 5G e teles preveem investir R$ 58 bilhões

09/04/2019
Por 5G, Anatel quer triplicar a capacidade de espectro existente

05/04/2019
UIT sai em defesa da Huawei e diz que entidade decide padrão 5G em outubro

04/04/2019
5G é o empurrão que falta para a realidade aumentada explodir no varejo

04/04/2019
Coreia do Sul sai na frente da China e dos EUA e lança 5G comercial

Destaques
Destaques

Ecossistema de IoT movimentará R$ 38 bilhões

Projeção do mercado é que o segmento vai crescer acima de 20% ano contra ano até 2022. Dispositivos, em especial os smartphones, impulsionam o crescimento dos investimentos em TI ao longo de 2019.

Para Ericsson, 5G vai fazer acontecer, de verdade, a indústria 4.0

Presidente da fabricante para a América do Sul, Eduardo Ricotta, diz que uma operadora com 50 Mhz a 80 Mhz terá espectro para oferecer bons serviços, especialmente, o da banda larga fixa móvel. "Há cidades no Brasil, com menos de 100 mil habitantes, com conexões de 2 Mbits. O 5G vai chegar oferecendo bem mais", observa.

Veja mais vídeos
Veja mais vídeos da CDTV
Veja mais artigos
Veja mais artigos

Smartphones colocam Inteligência Artificial na palma da mão

Por Samir Vani*

Tecnologias como reconhecimento facial, identificação de objetos e realidade aumentada já estão disponíveis na palma das nossas mãos, mas boa parte das pessoas não sabe ainda.


Copyright © 2005-2019 Convergência Digital ... Todos os direitos reservados ... É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site