Home - Convergência Digital

Inserir mulheres em TI é superar sucessivos 'nãos'

Convergência Digital - Carreira
Ana Paula Lobo e Pedro Costa - 01/10/2018

Ao participar do Rio Info 2018, a professora Tanara Lauschner, da Universidade do Amazonas, e coordenadora do grupo Cunhantã Digital, que tem como principal objetivo levar meninas para a área de TI, deixou claro que há muitas barreiras para serem removidas. "Há toda uma questão cultural. Os pais não incentivam as meninas a irem para a computação. Muitas acabam achando que matemática não é coisa de menina", lamenta.

Em entrevista à CDTV, do portal Convergência Digital, Tanara Lauschner, diz que as novas tecnologias estão sendo desenvolvidas sem mulheres nos times e, o resultado fica prejudicado. "Sabemos que times mistos funcionam melhor. A mulher precisa ir para a TI", adverte a professora. Assistam a entrevista com a professora Tanara Lauschner.

Enviar por e-mail   ...   Versão para impressão:
 

LEIA TAMBÉM:

19/09/2019
RH prioriza currículo e falha ao contratar profissionais de TI

04/09/2019
Existem mais de 2 mil vagas abertas para DevOps no Brasil

02/09/2019
Vitimização é um hábito ruim da mulher no mercado de trabalho

02/09/2019
Audima cria ferramenta para levar conteúdo aos analfabetos digitais

28/08/2019
Mulher erra muito ao não fazer networking profissional

27/08/2019
Mulheres ocupam menos de 15% das vagas em IA

23/08/2019
Mulheres buscam certificação para serem as guardiãs dos dados com a LGPD

23/08/2019
Faltam coragem e ousadia às mulheres para a liderança no trabalho

12/07/2019
Profissional do futuro é atento e despreza a zona de conforto

09/07/2019
#RioéTech abre programação do Rio Info 2019

Veja mais artigos
Veja mais artigos

A urgência de cultivar talentos para TIC no Brasil e no mundo

Por Breno Santos*

A transformação digital ainda é um desafio para muitas empresas no Brasil e a aplicação estratégica das novas soluções deve acontecer por meio de equipamentos e mão de obra qualificada.

Destaques
Destaques

TICs vão demandar 700 mil novos profissionais na Indústria em cinco anos

Dados são do Mapa do Trabalho Industrial, feito pelo SENAI, que indicam ainda a urgência na qualificação de 10,5 milhões de trabalhadores em ocupações industriais por conta da indústria 4.0. Um dos especialistas em alta é o condutor de processos robotizados, com um incremento de 22% no número de vagas.

Dizer não é saudável para o ambiente de trabalho

A posição é defendida pelo diretor geral da Robert Half, Fernando Mantovani. Segundo ele, acumular tarefas e colocar prazos em conflito é um risco alto.

Técnicos são os que mais procuram especialização em Big Data

Cursos voltados para desenvolvimento Full Stack e Segurança Cibernética também são bastante demandados. No caso do big data, dos alunos formados nesta área, 45% possuem mais de 10 anos de experiência (sênior); 36% até nove anos (pleno) e 19% até três anos (recém-formados).

Veja mais vídeos
Veja mais vídeos da CDTV

Copyright © 2005-2015 Convergência Digital ... Todos os direitos reservados ... É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site