INTERNET

Bolsonaro espanca adversários em game vendido no Steam

Luiz Queiroz ... 09/10/2018 ... Convergência Digital

Desde o último dia 5 de outubro, véspera da votação do primeiro turno das eleições para Presidente da República, está sendo vendido na plataforma mundial de games Steam pelo preço de R$ 8,91. Trata-se do game "Bolsomito 2k18 (leia 2018)". O jogo consiste em o jogador ajudar o personagem e candidato à presidência da República, Jair Bolsonaro, a espancar mulheres, negros, nordestinos, petistas e as minorias LGBT.

O jogo é atribuído a uma startup denominada "BS Studios", cujo único perfil visível na Internet acabou apagado numa página do facebook, após a polêmica criada com o lançamento do game. O jogo já ganhou 80 avaliações de supostos players, sendo que 88% delas são consideradas "positivas" em termos de jogabilidade, com algumas recomendações de melhorias e outras de apoio do candidato Bolsonaro.

Seus desenvolvedores ao qualificarem a proposta no Steam alegam que o game deixará o jogador "preparado para enfrentar os mais diferentes tipos de inimigos que pretendem instaurar uma ditadura ideológica criminosa no país". E encerram o comentário afirmando que o game promete "muita porrada e boas risadas".

Entretanto, esses mesmos desenvolvedores parecem não estar acostumados às criticas negativas ao game. Ao ter sido classificado como "bosta" por um jogador, o desenvolvedor que atende pela alcunha de "Abrab" e usa uma foto fake do apresentador de TV, Fausto Silva, o Faustão, revidou a crítica da seguinte maneira: "Pior que isso só esquerdista que compra o jogo pra negativar, achando que vai prejudicar alguém kkk".

O Steam até o momento não informou se pretende manter o jogo diponível em sua plataforma mundial ou não, apesar de ter recebido críticas sobre o conteúdo político do game. Mas a forma como o game propaga o mesmo ódio que já se espalhou pelas redes sociais e polarizou a campanha presidencial no Brasil, poderá acabar levando os desenvolvedores a terem de explicar seus objetivos ao Tribunal Superior Eleitoral.

O fato é que o game acaba se tornando mais um elemento para apimentar ainda mais o clima de ódio estabelecido no Brasil, numa campanha presidencial marcada por robôs, perfis falsos e inúmeras empresa fantasmas que se escondem na Internet e ganham dinheiro produzindo fake news contra adversários políticos.


Cade arquiva processo contra o Google por práticas anticompetitivas no ecommerce

A acusação partiu da E-Commerce Media Group Informação e Tecnologia, dona dos sites Buscapé e Bondfaro. Segundo a empresa, o Google estaria “raspando” avaliações de produtos que clientes para exibi-las como conteúdo no Google Shopping.

Oi amplia vantagem contra TIM e NET no ranking da Netflix

No mês de maio, a Oi ficou à frente das rivais na banda larga por fibra óptica com velocidade média de 4,04 Mbps. A tele está na primeira posição  no ranking da OTT há quatro meses.

STJ: Provedor de internet tem obrigação de fornecer IP de usuário que invadiu e-mail

Relatora Ministra, Nancy Andrighi, sustentou que as prestadoras de serviços de Internet (operadoras inclusas) estão sujeitas ao artigo 1.194 do Código Civil de 2002. Segundo ela, os dados armazenados pelos provedores devem ser suficientes para a identificação do usuário.

Dona das Casas Bahia e Ponto frio lança banco digital no Brasil

Grupo Via Varejo anunciou parceria com startup norte-americana Airfox, com foco em clientes de baixa renda e uso das 800 lojas físicas como pontos de atendimento no país.

Sete em cada 10 brasileiros desconhecem ou conhecem muito pouco a Lei de Dados Pessoais

Pesquisa, feita pela Serasa Experian, mostra ainda que apenas 13% apontaram ter tido problemas com dados indevidamente expostos.

Revista Abranet 27 . abril/junho 2019
Veja a Revista Abranet nº 27 A Convenção Abranet 2019 debateu economia, política e gestão. Cerca de cem empresas de internet e de tecnologia puderam ter uma visão mais clara sobre o que esperar no curto prazo. E muito mais.
Clique aqui para ver outras edições

Acompanhe a Cobertura Especial do II Congresso Brasileiro de Internet - Abranet

Empresas da Internet pedem mais segurança jurídica

“O Marco Civil da Internet trouxe base sólida para criar parâmetros para se ter lei mínima para a Internet seguir avançando, mas, infelizmente, vemos varias iniciativas tentando modifica-lo", afirmou o presidente da Abranet, Eduardo Parajo.

Acompanhe a Cobertura Especial do II Congresso Brasileiro de Internet

  • Copyright © 2005-2019 Convergência Digital
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G