Home - Convergência Digital

Ciência de dados é ferramenta de combate ao achismo

Convergência Digital - Carreira
Ana Paula Lobo e Rodrigo Pahim - 23/10/2018

Os cientistas de dados aparecem em primeiro lugar quando o tema é ascensão profissional. E como destaca o professor Alexandre Chiavegatto Filho, do Laboratório de Big Data e Análise Preditiva em Saúde da USP, a demanda pela capacidade de extrair do mar de dados disponíveis as informações que permitem a tomada de melhores decisões deve ser absorvida também pelo Poder Público. O especialista participou do Futurecom 2018, que aconteceu de 15 a 18 de outubro, em São Paulo.

“O cientista de dados é o profissional capaz de tirar informação valiosa dos dados disponíveis. Essa é uma área muito poderosa que vai transformar a sociedade em que a gente vive. Hoje muitas políticas públicas ainda são baseados em ativos. Investimentos de 500 milhões de reais nisso etc. Mas não aponta o retorno. Será que foi o melhor investimento? Para isso precisamos analisar, e isso é análise de dados. Então, para orientar as novas políticas públicas em saúde, em educação etc também se precisa da ciência de dados. Temos que abandonar o achismo”, afirma Chiavegatto.

Ele ressalta que “nenhuma profissão tem crescido tanto quanto a de cientista de dados, especialmente em termos de aumento do salário. Nas pesquisas de hoje sobre quais habilidades conseguem emprego de qualidade mais rapidamente, em geral, cientista de dados está entre as primeiras”. Afinal, “hoje, todos os profissionais têm esse interesse em tirar maior valor dos dados para tomar melhores decisões. Isso é o que um cientista de dados faz.” 

Além do interesse imediato de ganhos financeiros, essa é uma carreira que cresce em poder. “Tirar informação relevante dos dados, melhorar tomada de decisões, dá um poder muito grande de transformar uma empresa, mas também a sociedade. E entra aí também a inteligência artificial, usando dados para desenvolver algoritmos de IA para tomada de decisões fundamentais, literalmente de vida e morte como no caso da saúde.

Enviar por e-mail   ...   Versão para impressão:
 

LEIA TAMBÉM:

11/03/2019
4G da Oi leva Internet e comunicação à estação brasileira da Antártica

11/03/2019
Para Ericsson, 5G vai fazer acontecer, de verdade, a indústria 4.0

07/03/2019
5G vai gerar 15 milhões de novos empregos até 2025

27/02/2019
5G em faixa milimétrica trará pelo menos R$ 37 bilhões ao Brasil até 2024

27/02/2019
Com cobrança do Fistel, Anatel diz que IoT não acontece no Brasil

27/02/2019
Anatel agenda leilão do 5G para março de 2020

26/02/2019
MCTIC fará mudanças no Plano Nacional de IoT

25/02/2019
Telefônica/Vivo escolhe a Microsoft para consolidar IA

25/02/2019
Huawei: fornecedor não define política nem regra de uso da solução

09/01/2019
MCTIC quer destravar acordo Telebras/Viasat por banda larga em 100 dias

Veja mais artigos
Veja mais artigos

O futuro do trabalho colocado à prova

Por Luiz Camargo*

Novas profissões exigem também novas habilidades para acompanhar a revolução digital. Os novos empregos certamente irão demandar habilidades analíticas, matemáticas e digitais, com um toque de neurociência.

Destaques
Destaques

STF anula decisão do TST e reforça valor legal da terceirização

Decisão aconteceu em uma ação de uma atendente contratada pela Contax, prestadora de serviços de call center, para atuar como terceirizada na Telemar Norte Leste.

Mais de 60% dos brasileiros estão infelizes, mas têm medo de mudar de emprego

Estudo da Brands2Life, com o LinkedIn, traz um dado assustador: 80% dos brasileiros não se candidata para a vaga de trabalho que gostaria. Cerca de um terço dos profissionais deixa de se candidatar a uma nova vaga por falta de confiança na sua própria capacidade.

Serviços de TI e de Telecom podem ser 100% terceirizados no Governo Federal

Também foi incluída na lista divulgada pelo governo Federal o serviço de teleatendimento. Decisão está publicada na portaria 443/2018.

Veja mais vídeos
Veja mais vídeos da CDTV

Copyright © 2005-2015 Convergência Digital ... Todos os direitos reservados ... É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site