TELECOM

Compartilhamento de postes: teles e elétricas têm de ter boa vontade

Luís Osvaldo Grossmann ... 24/10/2018 ... Convergência Digital

Provedores de internet torcem uma nova regra sobre uso de postes do setor elétrico por empresas de telecomunicações traga a efetividade ainda não vista para a ‘limpeza’ dessa infraestrutura desejada por todos. Mas como alerta o presidente da Abrint, Basílio Perez, o esforço passa pela remoção da rede legada sem uso e, especialmente, pela boa vontade de negociar.

“Esse assunto só vai se resolver na negociação. Não com imposição. Mas as pessoas têm que ter boa vontade para negociar. E criatividade para compartilhar os pontos. As operadoras também precisam tirar os cabos de cobre dos postes. Têm muitos deles que não estão mais em uso, é legado. Na hora que começar a limpar o legado vai melhorar. Mas vai ter custo. Então é natural que uma empresa que fez uma rede nova deixou os velhos lá porque para tirar vai custar”, afirma Perez.

Anatel e Aneel abriram uma tomada de subsídios para revisar a resolução conjunta de 2014, que estabeleceu um preço de referência para os pontos de fixação e previu metas de ‘limpeza’ dos postes – 2,1 mil postes por distribuidora de energia, por ano. Na prática, não houve ação efetiva para reorganizar os postes. O único esforço veio da Eletropaulo, somente agora em 2018, depois de negociação que envolveu somente Vivo, Claro, Tim e Oi, mas não os provedores.

As duas agências entenderam que a resolução de 2014 não trouxe a efetividade pretendida e articulam uma nova, que deve mexer no preço e no prazo de ajuste dos postes. “É salutar que haja propostas de modificação, porque a bem da verdade não aconteceu nada nesse tempo todo. Minha previsão era que teríamos milhares de solicitações de resolução de conflito. Mas isso não aconteceu por receio de represálias. A própria Brisanet falou que está discutindo com as empresas [de energia] mas não foi para a resolução de conflitos para não ter projetos negados. E é a maior empresa entre os provedores”, diz Basílio Perez.

Desde 2015, foram 436 pedidos de mediação, sendo 9 em cada 10 deles relacionados aos preços cobrados. Só neste 2018 foram 182 pedidos – até setembro – o que desperta a preocupação com o tratamento que será dado a esses casos quando da edição de uma nova resolução conjunta pelas agências reguladoras.  Assista a entrevista com o presidente da Abrint, Basílio Perez, feita no Futurecom 2018, realizada de 15 a 18 de outubro, em São Paulo.


Internet Móvel 3G 4G
MetrôRio passa a aceitar cartões de débito nos pagamentos por aproximação

Os cartões físicos com a tecnologia NFC são os meios mais usados para embarque nas estações, escolhidos por 52% dos usuários, seguidos pelos dispositivos com carteira digital (celulares, pulseiras, relógios etc).

Revista do 63º Painel Telebrasil 2019
Veja a revista do 63º Painel Telebrasil 2019 Transformação digital para o novo Brasil. Atualizar o marco regulatório das telecomunicações é urgente para construir um País moderno, próspero e competitivo.
Clique aqui para ver outras edições

Dataprev contrata Claro por R$ 236 mil para ter fibra ótica no Rio de Janeiro

Contrato, publicado no Diário Oficial da União, prevê a interligação dos prédios do data center da estatal de TI no Rio de Janeiro à filial na mesma cidade, no bairro de Botafogo.

Autor da nova Lei das teles lidera entidade para brigar por banda larga

Ex-deputado Daniel Vilela vai presidir a Aliança Conecta Brasil F4, que nasce com apoio da Huawei, FiberX e da consultoria Teleco, mas quer novos associados. “Não existe economia digital sem infraestrutura”, afirma.

Apple é multada por reduzir desempenho de iPhones antigos

Sanção de 25 milhões de euros foi imposta pelo órgão da concorrência da França. Empresa admitiu em 2017 que reduz deliberadamente a performance de vários modelos mais velhos.

Femtocells terão tratamento igual a dos roteadores Wi-Fi na Anatel

Decisão foi tomada pela Anatel para massificar o uso das antenas de baixa frequência e que amplificam o sinal da telefonia móvel. Até então restritas apenas às operadoras, as femtocells poderão ser compradas e instaladas pelo consumidor.




  • Copyright © 2005-2019 Convergência Digital
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G