Home - Convergência Digital

Cinco mil estudantes participam de competição online global da Huawei no Brasil

Convergência Digital - Carreira
Convergência Digital* - 31/10/2018

A fabricante chinesa Huawei está rodando o país em busca de jovens que estejam interessados em participar do ICT Competition, campeonato mundial promovido anualmente para estudantes de TIC (Tecnologia da Informação e Comunicação) e que acontece pela primeira vez no Brasil. Desde que foi lançado, em agosto, representantes da Huawei já visitaram 15 universidades brasileiras, impactando mais de 10 mil estudantes. O objetivo do programa é promover o desenvolvimento do setor de TIC por meio não só de novas soluções como também do investimento em capital humano.

Ocorrendo simultaneamente em mais de 50 países, o programa deve receber no Brasil cerca de cinco mil alunos em sua primeira fase, que acontece por meio de uma prova online. Os 100 alunos aprovados nessa etapa competirão em uma seletiva nacional, que determinará quem serão os seis representantes do Brasil na fase final, que acontecerá na China em 2019. Os finalistas, além de ganharem prêmios no Brasil, também poderão conhecer os laboratórios de Pesquisa e Desenvolvimento da sede global da companhia, além de receber certificados de acordo com sua colocação e concorrer a smartphones Huawei.

"O ICT Competition é uma forma de preparar estudantes para a era pós IoT, das coisas conectadas e inteligentes, que já vivemos hoje. A transformação digital é inevitável para promover inovação em qualquer companhia e em qualquer sociedade, além da qualificação de mão de obra especializada no setor TIC brasileiro ser crucial para o crescimento do país", diz Merivaldo Silva, responsável por parcerias Educacionais da Huawei do Brasil.

Em sua última edição, o programa recebeu cerca de 40 mil alunos de 32 países, como México, Índia e Itália. Na ocasião, os finalistas puderam estudar e viver por um semestre no campus da Universidade de Ciência e Tecnologia da China (SUSTech), onde tiveram a oportunidade de conhecer os mais avançados laboratórios de Pesquisa e Desenvolvimento de tecnologias como Internet das Coisas e Inteligência Artificial.

Entre as instituições de ensino visitadas estão Instituto de Educação, Ciência e Tecnologia do Maranhão (MA), Inatel (MG), Kroton (SP), Faculdade de Engenharia de Sorocaba (SP), Universidade Federal do Ceará (CE), Instituto de Educacao Ciencia e Tecnologia do Maranhao (MA), Centro de Exibição e Tecnologia do SEBRAE  (MA),  Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Ceará (CE), Instituto Federal Sul de Minas (MG), Softex. Nas próximas semanas, a Huawei visitará a USP e UNIP. Para participar, os universitários devem se registrar no site da competição: https://www.huaweiacad.com/.

Enviar por e-mail   ...   Versão para impressão:
 

LEIA TAMBÉM:

20/05/2019
Google é a primeira a aderir à guerra comercial dos EUA contra Huawei

16/05/2019
Huawei: 'lista negra' dos EUA infringe direitos e levanta sérias questões legais

15/05/2019
Intel: O Brasil precisa decidir o que quer ser na transformação digital

15/05/2019
Volkswagen vai formar profissionais voltados à indústria 4.0 no Brasil

14/05/2019
Huawei acena com acordos anti-espionagem para evitar banimentos

08/05/2019
Huawei Enterprise reformula estratégia corporativa no Brasil

26/04/2019
Testes para mitigar interferências do 5G na faixa de 3,5GHz entram na reta final

26/04/2019
Huawei traz gêmeos digitais para acelerar redes 5G

26/04/2019
4G e 5G são convergentes e vão coexistir na oferta de serviços

25/04/2019
Para a Huawei, América Latina está pronta para o 5G

Veja mais artigos
Veja mais artigos

O futuro do trabalho colocado à prova

Por Luiz Camargo*

Novas profissões exigem também novas habilidades para acompanhar a revolução digital. Os novos empregos certamente irão demandar habilidades analíticas, matemáticas e digitais, com um toque de neurociência.

Destaques
Destaques

TI precisa de 420 mil novos profissionais até 2024

Formação de mão de obra, que já sofre para atender a demanda, vai ficar longe dos 70 mil novos empregos por ano. IoT, Big Data e segurança são áreas de maior demanda.

Salários em TICs são três vezes maiores que a média nacional

Em software e serviços, onde estão 75% das vagas das empresas de tecnologia da informação, remuneração média em 2018 foi de R$ 5 mil, contra R$ 1,8 mil do salário médio nacional.

TICs podem formar 1 milhão a cada quatro anos com recursos já existentes

Segundo o presidente da Contic, Edgar Serrano, atualização do marco legal de telecom e a criação do Sistema S das TICs são medidas de transformação digital sem impacto fiscal.

Veja mais vídeos
Veja mais vídeos da CDTV

Copyright © 2005-2015 Convergência Digital ... Todos os direitos reservados ... É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site