Convergência Digital - Home

Google: Não nos descartem do jogo de computação em nuvem

Convergência Digital
Convergência Digital - 05/11/2018

O Google não desistiu do jogo da computação em nuvem, mesmo ficando atrás dos rivais Amazon e Microsoft. A afirmação é da CFO da Alphabet e Google, Ruth Porat. Segundo ela, os investimentos na plataforma Google Cloud seguem sendo prioridade. E uma estratégia é a aquisição de talentos para montar o melhor time do mercado.

De acordo com a CFO, o Google, hoje, possui 5314 funcionários,s endo a maioria engenheiros e gerentes de produtos, a maioria para os projetos voltados para o Google Cloud. "Da nossa perspectiva, não parece um jogo de soma zero", acrescentou o CEO do Google, Sundar Pichai.

Segundo o executivo, há uma grande oportunidade de mercado e parece ser muito cedo para definir quem são os 'vencedores' dessa partida. "Estamos alinhados ao que o mercado quer: uma arquitetura aberta capaz de não bloquear as empresas e com suporte aos diferentes ambientes da nuvem", completou o executivo. As afirmações foram feitas em teleconferência de resultados no final de outubro, nos Estados Unidos.


Destaques
Destaques

Mais que frequência, 5G exige muita fibra e muita nuvem

Operadoras terão, com infraestrutura, capacidade de ter serviços tão rápidos quanto os ofertados pela TI, preconizou o diretor-executivo de Business Network Consulting da Huawei América Latina,  Guillermo Solomon.

CNJ alega risco à segurança nacional e suspende contrato do TJ/SP com a Microsoft

Para o conselheiro Márcio Schiefler Fontes, o TJ/SP entregou à Microsoft o controle total sobre a tramitação processual do maior tribunal do país.



Veja mais vídeos
Veja mais vídeos da CDTV

Veja mais artigos
Veja mais artigos

Intuição versus análise de dados na gestão

Por Douglas Scheibler*

O poder decisório significa alta responsabilidade e inúmeros riscos. Neste cenário caótico, analisar dados é indispensável e é o que justifica uma determinada medida ser considerada como correta, em um cenário específico, em detrimento de outras.

Data Centers: agora é hora de ver acontecer

Por Gilberto Gonzaga*

O que recentemente era apenas uma tendência já pode ser observado na prática. A expectativa, agora, é que esses movimentos se consolidem cada vez mais e nos levem a uma nova era de conectividade, da qual a América Latina não ficará de fora.


Copyright © 2005-2016 Convergência Digital ... Todos os direitos reservados ... É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site