Convergência Digital - Home

Via Varejo elege containers para integrar operações online e física

Convergência Digital
Fernanda Ângelo e Rafael Mariano - 07/11/2018

Com 60 anos de história, a Via Varejo opera as marcas Casas Bahia, Ponto Frio, Extra.com e Bartira. Exatamente por essa cultura tradicional e pela complexidade de sua estrutura, qualquer grande mudança é uma tarefa bastante difícil. "Quando essa transformação vem da área de tecnologia, a resistência é ainda maior", diz Cristiano Dianese, gerente de arquitetura de TI da Via Varejo.

Provar valor sem gerar despesas foi o caminho encontrado pelo time de TI da organização para conseguir implementar uma estratégia de transformação digital baseada em plataforma de containers. Dianese conta que a área decidiu fazer uma instalação rodando sobre Origin, que é a versão gratuita do Openshift, para demonstrar os benefícios que a containerização poderia trazer para a organização. "Os resultados foram tão positivos, que em pouco tempo tínhamos outras três instalações rodando sobre o Origin e, mais do que isso, estavam começando a trabalhar em um workload crítico para instalar também ali, sem governança ou orquestração", disse. "Era hora de migrar para a Red Hat Openshift Container Platform."

Dianese explica que o time-to-market é fundamental para uma companhia do setor de Varejo. E a transformação foi essencial para se chegar a essa agilidade. Em tempos de alta demanda, a companhia escala os clusters e deixa o sistema livre para fazer as adequações automaticamente. "Antes fazíamos provisões gigantes de máquinas, que passadas as campanhas precisavam ser desativadas", lembra Dianese. "A estratégia do Openshift faz o balanceamento e evita que um projeto prejudique o outro. O custo operacional é bem baixo", assegura.

Finalmente, a containerização tem papel importante na transformação da companhia para atender à demanda do mercado por atendimentos omnichannel. "A arquitetura de container é fundamental para uma empresa de varejo, que busca atender rapidamente às demandas do cliente neste sentido", diz. Assistam a entrevista com  Cristiano Dianese.


Destaques
Destaques

Nuvem pública deslancha no Brasil e receita estimada é de R$ 2,3 bilhões

País tem muito para crescer no uso da nuvem pública, tanto que no ranking global está em 13º lugar, observa a IDC Brasil. As SD-WANs também se consolidam no mercdo nacional, mas a falta de mão de obra capacitada é um entrave.

Startup investe na nuvem e viabiliza atendimento médico no interior do Amazonas

Portal Telemedicina usa APIs do Google Cloud, Firebase e ML Engine para armazenar dados de pacientes, além de detectar doenças e priorizar atendimento em clínica da cidade de Coari,  localizada a 444 quilômetros de Manaus.



Veja mais vídeos
Veja mais vídeos da CDTV

Veja mais artigos
Veja mais artigos

Intuição versus análise de dados na gestão

Por Douglas Scheibler*

O poder decisório significa alta responsabilidade e inúmeros riscos. Neste cenário caótico, analisar dados é indispensável e é o que justifica uma determinada medida ser considerada como correta, em um cenário específico, em detrimento de outras.

Data Centers: agora é hora de ver acontecer

Por Gilberto Gonzaga*

O que recentemente era apenas uma tendência já pode ser observado na prática. A expectativa, agora, é que esses movimentos se consolidem cada vez mais e nos levem a uma nova era de conectividade, da qual a América Latina não ficará de fora.


Copyright © 2005-2016 Convergência Digital ... Todos os direitos reservados ... É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site