Home - Convergência Digital

América Latina é um celeiro de talentos para o Open Source

Convergência Digital - Carreira
Ana Paula Lobo e Rodrigo dos Santos - 07/11/2018

O Open Source tem sido uma alavanca para o crescimento dos negócios na América Latina, tanto que os resultados obtidos estão muitos pontos superiores aos da companhia mundialmente. De acordo com o General Manager da Red Hat na América Latina, Paulo Bonucci, a região responde entre 4,5% a 6% do PIB no consumo de Tecnologia da Informação.

"Governos e empresas na América Latina carecem de soluções ágeis para o desenvolvimento e adaptação à transformação digital. O Open Source aparece neste momento como ferramenta para dar escala, eficiência e custo", afirma Bonucci, que participou nesta quarta-feira, 07/11, do evento Containers of Ideas, realizado pela Red Hat, em São Paulo.

Um dos pontos mais relevantes da região, acrescentou o executivo, em entrevista à CDTV, do portal Convergência Digital, está no fato de ela ser um celeiro de talentos. Tanto que 90 pessoas, em especial, brasileiros, participam do time global de engenharia e desenvolvimento de produtos da corporação. Sobre a aquisição da IBM e a sua repercussão na região, Bonucci é taxativo: a compra traz muitos benefícios para ambas empresas e ao mercado.

"Estamos nos unindo a uma empresa que tem o DNA para atender ao mercado corporativo. Isso vai favorecer muito ao ecossistema de alianças e parcerias de ambas as empresas, uma vez que a Red Hat vai se manter como uma unidade independente. Tenho convicção que os nossos clientes serão os grandes beneficiários quando essa compra se concretizar". Assistam a entrevista com o general manager da Red Hat América Latina, Paulo Bonucci.

Enviar por e-mail   ...   Versão para impressão:
 

LEIA TAMBÉM:

15/05/2019
Intel: O Brasil precisa decidir o que quer ser na transformação digital

07/05/2019
Guinada digital faz bancos mudarem a maneira de comprar TICs

30/04/2019
Unisys: Transformação digital amplia papel da cibersegurança

30/04/2019
Brasscom endossa unificação de tributos de consumo em um único imposto

22/04/2019
Utilities correm para se adequar à LGPD, mas admitem falta de maturidade

21/04/2019
Senado: Transformação digital não acontece sem processo, pessoas e tecnologia

18/04/2019
Certificado digital avança com identificação de máquinas

15/04/2019
TOTVS: Brasil precisa de um ambiente de negócios com carga tributária compatível

03/04/2019
Salesforce quer ser prioridade na missão crítica das empresas

15/03/2019
Cartão ELO elege a TI como protagonista no combate às fraudes e expansão de negócios

Veja mais artigos
Veja mais artigos

O futuro do trabalho colocado à prova

Por Luiz Camargo*

Novas profissões exigem também novas habilidades para acompanhar a revolução digital. Os novos empregos certamente irão demandar habilidades analíticas, matemáticas e digitais, com um toque de neurociência.

Destaques
Destaques

Assespro é contra a regulamentação da profissão de TICs

Entidade das empresas de TI se posiciona contrária ao PLS 317/17. que passa a exigir diploma de profissões como Analista de Sistemas, desenvolvedor, engenheiro de sistemas, analistas de redes, administrador de banco de ados, suporte e profissões correlatas.

Brasscom: É urgente incluir computação no currículo do ensino médio e fundamental no Brasil

Apenas Internet das Coisas, vai gerar uma demanda de 107 mil profissionais que não estão disponíveis no Brasil, adverte o presidente-executivo da Brasscom, Sergio Paulo Gallindo.

TI precisa de 420 mil novos profissionais até 2024

Formação de mão de obra, que já sofre para atender a demanda, vai ficar longe dos 70 mil novos empregos por ano. IoT, Big Data e segurança são áreas de maior demanda.

Veja mais vídeos
Veja mais vídeos da CDTV

Copyright © 2005-2015 Convergência Digital ... Todos os direitos reservados ... É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site