GESTÃO

Setor de TI quer resgatar projeto original do Parque Capital Digital

Luiz Queiroz ... 27/11/2018 ... Convergência Digital

O Setor de TICs do Distrito Federal já está se articulando junto ao novo governador eleito Ibaneis Rocha (MDB) para, mais uma vez, alterar a proposta de criação do Parte Tecnológico de Brasília. O atual modelo implantado pelo Governo Rodrigo Rollemberg nunca foi aceito pelos empresários do setor de TICs, uma vez que o GDF incluiu a área de biotecnologiano no projeto.

Ao participar nesta terça-feira, 27/11, da abertura da Segunda edição da Mostrra de Tecnologia Brasília Mais TI, o senador eleito Izalci Lucas (PSDB), disse que pretende conversar com o governador eleito, Ibaneis Rocha, para tentar reverter a proposta de inserir no parque o setor de biotecnologia. Ele conta com o apoio das empresas de TICs do Distrito Federal.

"Temos mais de 30 regiões administrativas e tenho certeza de que acharemos outra solução para o setor de biotecnologia. Mas o Parque foi concebido para reunir a indústria de tecnologia e comunicações; precisamos resgatar o projeto original do qual participei de sua elaboração", destacou Izalci.

Outra estratégia do senador eleito será aprovar dispositivo que permita ao Governo do DF conceder incentivos fiscais para atração de empresas para o parque, nos mesmos moldes dos incentivos que já são concedidos através do Fundo de Desenvolvimento do Centro-Oeste (FCO) para atrair empresas para a região.

O presidente do Sinfor, Ricardo Caldas, que já e posicionou contrário ao Parque Biotic - que já teve o prédio central entregue pelo governador Rollemberg - pela primeira vez representa o setor de TICs do DF na equipe de transição do governador eleito Ibaneis Rocha. Caldas disse que uma extensa agenda de propostas estratégicas para o setor vem sendo discutida pela equipe de transição.

Em entrevista à CDTV do portal Convergência Digital, o presidente do Sinfor destacou as principais ações que deseja ver implementadas pelo novo governo do Distrito federal no ano que vem. Dentre els,destaca a estratégia das cidades inteligentes e de umamaior proatividade dap arte do governo para governança digital, em favor de novos serviços prestados pela rede para o brasiliense.


Carreira
Argentina cria Escola de Cobol para formar novos profissionais

Iniciativa foi conduzida pelo HSBC Argentina e pela Stefanini. "Existe uma demanda no sistema financeiro por profissionais treinados em tecnologias mais antigas como o COBOL. Recrutar esse tipo de perfil tornou-se um grande desafio para a indústria", aponta Fabio Venditti, head de core banking da instituição financeira.

Huawei recicla 850 toneladas de lixo eletrônico no Brasil

Material é reciclado em Sorocaba, no interior de São Paulo.  Quarenta e duas toneladas foram de eletrônicos e cabos representaram 37 toneladas.

eSocial define configuração padrão na base de dados

A configuração padrão utilizada na base de dados do eSocial é “Case Insensitive” para diferenciação entre maiúsculo e minúsculo. Isso significa que a utilização de letras maiúsculas ou minúsculas no preenchimento dos campos é indiferente para a base de dados.

Semeghini: Decreto que extingue colegiados terá impacto zero no MCTIC

“Já fizemos um levantamento e o impacto será zero. Se escapar alguma coisa, será recriada sem prejuízo de continuidade”, afirma Júlio Semeghini.

eSocial começa a receber informações do MEI

Segundo o Fisco, hoje, o eSocial já contabiliza 30 milhões de trabalhadores cadastrados. Até outubro, a meta é chegar a 46 milhões de trabalhadores registrados em sua base de dados.




  • Copyright © 2005-2019 Convergência Digital
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G