GESTÃO

Setor de TI quer resgatar projeto original do Parque Capital Digital

Luiz Queiroz ... 27/11/2018 ... Convergência Digital

O Setor de TICs do Distrito Federal já está se articulando junto ao novo governador eleito Ibaneis Rocha (MDB) para, mais uma vez, alterar a proposta de criação do Parte Tecnológico de Brasília. O atual modelo implantado pelo Governo Rodrigo Rollemberg nunca foi aceito pelos empresários do setor de TICs, uma vez que o GDF incluiu a área de biotecnologiano no projeto.

Ao participar nesta terça-feira, 27/11, da abertura da Segunda edição da Mostrra de Tecnologia Brasília Mais TI, o senador eleito Izalci Lucas (PSDB), disse que pretende conversar com o governador eleito, Ibaneis Rocha, para tentar reverter a proposta de inserir no parque o setor de biotecnologia. Ele conta com o apoio das empresas de TICs do Distrito Federal.

"Temos mais de 30 regiões administrativas e tenho certeza de que acharemos outra solução para o setor de biotecnologia. Mas o Parque foi concebido para reunir a indústria de tecnologia e comunicações; precisamos resgatar o projeto original do qual participei de sua elaboração", destacou Izalci.

Outra estratégia do senador eleito será aprovar dispositivo que permita ao Governo do DF conceder incentivos fiscais para atração de empresas para o parque, nos mesmos moldes dos incentivos que já são concedidos através do Fundo de Desenvolvimento do Centro-Oeste (FCO) para atrair empresas para a região.

O presidente do Sinfor, Ricardo Caldas, que já e posicionou contrário ao Parque Biotic - que já teve o prédio central entregue pelo governador Rollemberg - pela primeira vez representa o setor de TICs do DF na equipe de transição do governador eleito Ibaneis Rocha. Caldas disse que uma extensa agenda de propostas estratégicas para o setor vem sendo discutida pela equipe de transição.

Em entrevista à CDTV do portal Convergência Digital, o presidente do Sinfor destacou as principais ações que deseja ver implementadas pelo novo governo do Distrito federal no ano que vem. Dentre els,destaca a estratégia das cidades inteligentes e de umamaior proatividade dap arte do governo para governança digital, em favor de novos serviços prestados pela rede para o brasiliense.


Paraná adota Inteligência Artificial em serviços ao cidadão

Os serviços desenvolvidos pela Companhia de Tecnologia da Informação e Comunicação do Paraná (Celepar)são as ferramentas eleitas pelo Governo do Estado para ampliar a digitalização dos serviços, revela André Telles, assessor especial de Gestão Inteligente e Inovação.

Plataforma consumidor.gov.br atinge a marca de 2 milhões de registros

No ano passado, o índice médio de solução de conflito foi de 81%.  Projeto completa cinco anos e envolve a Secretarian Nacional do Consumidor, do Ministério da Justiça e o Tribunal de Justiça de São Paulo.

Projeto de Lei quer enquadrar apps como 99 e Uber no Código do Consumidor

Hoje, diz o autor do PL, deputado Sérgio Vidigal (PDT/ES), o atendimento desses aplicativos é insatisfatório e viola as normas existentes de defesa do consumidor. Uma das medidas impostas é a obrigação de ter um SAC por telefone, funcionando 24 horas.

INPI promete reduzir prazo para registro de chips de 70 para 7 dias

Sistema batizado ‘e-Chip’ permitirá a solicitação online no caso de topografias de circuitos integrados. Plano de digitalização dos serviços também prevê que o Instituto vai aceitar pagamento por cartão, no lugar da GRU. 




  • Copyright © 2005-2019 Convergência Digital
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G