GESTÃO

Setor de TI quer resgatar projeto original do Parque Capital Digital

Luiz Queiroz ... 27/11/2018 ... Convergência Digital

O Setor de TICs do Distrito Federal já está se articulando junto ao novo governador eleito Ibaneis Rocha (MDB) para, mais uma vez, alterar a proposta de criação do Parte Tecnológico de Brasília. O atual modelo implantado pelo Governo Rodrigo Rollemberg nunca foi aceito pelos empresários do setor de TICs, uma vez que o GDF incluiu a área de biotecnologiano no projeto.

Ao participar nesta terça-feira, 27/11, da abertura da Segunda edição da Mostrra de Tecnologia Brasília Mais TI, o senador eleito Izalci Lucas (PSDB), disse que pretende conversar com o governador eleito, Ibaneis Rocha, para tentar reverter a proposta de inserir no parque o setor de biotecnologia. Ele conta com o apoio das empresas de TICs do Distrito Federal.

"Temos mais de 30 regiões administrativas e tenho certeza de que acharemos outra solução para o setor de biotecnologia. Mas o Parque foi concebido para reunir a indústria de tecnologia e comunicações; precisamos resgatar o projeto original do qual participei de sua elaboração", destacou Izalci.

Outra estratégia do senador eleito será aprovar dispositivo que permita ao Governo do DF conceder incentivos fiscais para atração de empresas para o parque, nos mesmos moldes dos incentivos que já são concedidos através do Fundo de Desenvolvimento do Centro-Oeste (FCO) para atrair empresas para a região.

O presidente do Sinfor, Ricardo Caldas, que já e posicionou contrário ao Parque Biotic - que já teve o prédio central entregue pelo governador Rollemberg - pela primeira vez representa o setor de TICs do DF na equipe de transição do governador eleito Ibaneis Rocha. Caldas disse que uma extensa agenda de propostas estratégicas para o setor vem sendo discutida pela equipe de transição.

Em entrevista à CDTV do portal Convergência Digital, o presidente do Sinfor destacou as principais ações que deseja ver implementadas pelo novo governo do Distrito federal no ano que vem. Dentre els,destaca a estratégia das cidades inteligentes e de umamaior proatividade dap arte do governo para governança digital, em favor de novos serviços prestados pela rede para o brasiliense.


eSocial: Alterações relativas à contribuição previdenciária estão no ambiente de testes

O comitê do eSocialdiz que para permitir que empregadores e desenvolvedores façam testes foram estabelecidas datas fictícias relativas às faixas de salário de contribuição.

Aplicativo do governo mostra devedores da União e FGTS

Batizado ‘Dívida Aberta’, app para celulares e tablets permite consulta por nome, CPF ou CNPJ, ou mesmo pelo mapa do Brasil. 

Em mais uma etapa, BNDES ganha competência para vender ações da Dataprev

Portaria 1.675/20,  da Procuradoria Geral da Fazenda Nacional, lembra que o banco de fomento é o gestor do Fundo Nacional de Desestatização

Secretário de Desestatização acusa Serpro e Dataprev de venderem dados pessoais

"Se fosse (empresa) privada não aconteceria", alegou o Secretário de Desestatização do Governo Bolsonaro, Salim Mattar, em entrevista à radio Gaúcha. Fenadados promete processar Mattar por calúnia.




  • Copyright © 2005-2019 Convergência Digital
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G