NEGÓCIOS

SINDESEI aposta na retomada do crescimento com novo Governo do DF

Luiz Queiroz ... 28/11/2018 ... Convergência Digital

A crise econômica que vem se arrastando nos últimos quatro anos, notadamente com o aprofudamento da recessão nos últimos dois, após a adoção de medidas econômicas para conter o crescimento da inflação, acabou levando ao fechamento de quase 400 empresas prestadoras de serviços de Tecnologia da Informação.

A avaliação foi feita pelo presidente do SINDESEI - Sindicato das Empresas de Serviços de Informática do DF, Marco Tulio Chaparro. Segundo ele, o setor de TICs de Brasília conta com quase cinco mil empresas e está pronto para a retomada do crescimento com a aposta feita na chegada do governador eleito do Distrito Federal, Ibaneis Rocha.

E esse otimismo tem sua razão de ser. Pela primeira vez, inclusive, o setor é chamado a compor um governo de transição, com a presença do presidente do Sindicato da Indústria da Informação (Sinfor), Ricardo de Figueiredo Caldas. Através de seu conhecimento, o setor vem contribuindo com informações e preparando o terreno para a adoção de medidas que no futuro tirem o Governo do Distrito Federal do atraso tecnológico em que se encontra e transforme Brasília numa "cidade inteligente".

"Entendemos que só com novas políticas públicas podemos reverter esse cenário", destacou Chaparro, durante a abertura ontem da segunda edição da mostra de tecnologia e seminário "Brasília Mais TI", que este ano traz o tema central de debates a "Transformação Digital na Sociedade Brasileira e a Transformação Digital na Cidadania".

O evento foi organizado pelo Sinfor, em parceria com as demais entidades representativas do setor de TICs de Brasília, além do patrocínio de empresas e do governo federal.


Cloud Computing
Reforma tributária é um assalto e ao software e serviços em geral

“É um desastre a reforma como está criada. E não é só o setor de tecnologia da informação. Todo o setor de serviços precisa se unir contra essa reforma. Vai aumentar serviço médico, transporte, educação. É o maior assalto aos contribuintes”, afirma o diretor jurídico da ABES, Manoel dos Santos.

Tecnologia da informação evita tombo maior do setor de serviços

Segundo o IBGE, apesar do desempenho ruim das telecomunicações, os serviços de TI exercem a principal contribuição positiva dos serviços no acumulado até agosto de 2019. 

Rio de Janeiro precisa deixar de exportar CPF e CNPJ

"O Rio é protagonista de geração de inteligência e, hoje, temos de nos desafiar para reter nossos talentos", afirma o coordenador do Rio Info 2019, Alberto Blois. A diversidade foi a 'cara' do evento em 2019.

Fusões e aquisições em TI remodelam o mercado interno

Pesquisa da KPMG mostra que, no primeiro semestre, aconteceram 61 operações de compra em TI no Brasil, sendo 39 domésticas, 18 aquisições por grupos estrangeiros e 4 empresas brasileiras comprando companhias estrangeiras.

BR Distribuidora: A TI não pode se esconder atrás dos processos para se defender

"A TI precisa entender que do jeito que era não funciona mais. Ela precisa se enxergar como parte integrante do negócio", diz o CIO da BR Distribuidora, Aspen Andersen.


3º Seminário Brasscom de Políticas Públicas & Negócios 2018 - Cobertura Especial Convergência Digital
Brasscom lança manifesto para construir um Brasil Digital e Conectado

Entidade quer a colaboração da sociedade e de entidades de TI ou não para entregar um documento aos presidenciáveis. "Tecnologia precisa ser prioridade nacional", diz o presidente-executivo da Brasscom, Sergio Paulo Gallindo.


Veja a cobertura da 3º Seminário Brasscom de Políticas Públicas & Negócios 2018

  • Copyright © 2005-2019 Convergência Digital
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G